Colunistas Diego Lara
28/01/2016 Abismos Ecológicos  

Corra! É promoção em qualquer loja eletro! Seu aparelho televisor adquirido carrega junto de si enormes caixas de papelão, sacos plásticos e o tal do isopor que, coitado, nasceu sem saber nunca para onde vai! Esse mesmo aparelho televisor irá lhe dizer como faz para que você tenha “um meio ambiente” mais legal! É só fechar a torneira na escovação dos dentes e separar as embalagens dos restos da sua comida! Corra carroceiro! Se o gari passar antes, a prefeitura vai enterrar isso tudo no lixão! Ops, desculpem, no aterro sanitário (que de sanitário, só o nome limpo mesmo)! Cooperativas e Associações querem reciclar, a Prefeitura quer enterrar! É a guerra do lixo! Essa pauta não entra na Cop21! Paris é muito chique pra falar de carroceiro! Falar sobre o clima é que tá na moda! Alguém se esqueceu de avisar que a mudança do clima é um sintoma de problemas ambientais, não exatamente o problema em si! É o mesmo que pedir a paz no mundo, sem que se pare a fabricação de armas! Se o pensamento for profundo, na raiz, você encontra! Radical! Capiche?

 

 

Das coberturas do alto dos arranha-céus dá pra ver o alto dos morros. Mas não dá para ver os quilômetros percorridos pelas rodinhas dos carroceiros! Pompommm! Sai da rua carroceiro, você está atrapalhando o transito! Pena, o motorista esqueceu que ali na carroça estão nossos restos indo para seu destino certo! Mas os garis são ótimos né? Alegres e não levam buzinadas! Fazem um ótimo trabalho! Enterram tudo! Como enterrar um cadáver sem deixar pistas. Não é culpa dos garis. Apenas obedecem o chefe maior que os manda limpar e enterrar os problemas. Toda essa merda enterrada vai nascer chorume a pingar nos rios. Diferente do que o carroceiro levou! Restos que se tornarão, mais uma vez, embalagens de fina estirpe. Pompommmmm!! Porra esses carroceiros no meio da rua! Gritava o pai com pressa, ao mesmo tempo admirando o carrinho feito de resto de pet que seu guri fez nas aulas de artes! Pet adorno, que não vai mais virar pet e que será enterrada quando o guri enjoar de brincar com ele! E o guri pergunta ao pai porque ele estava bravo com o moço da rua! E o pai responde que esses moços da rua com carroça só sabem atrapalhar o trânsito. O abismo não é tão ecológico. É mais humano mesmo. Mas de guri pra gari, é apenas uma letra. Então, que diferença faz?

DEIXE UM COMENTÁRIO
COLUNISTA
Diego Lara
EcoPepper - Geógrafo especialista em Estudos Ambientais pela PUC-Minas. Produtor e Editor de Vídeos pela Recorte Audiovisual.
ÚLTIMOS ARTIGOS