evden eve nakliyat istanbul evden eve nakliyat evden eve nakliyat fiyatları
Colunistas Zé Maria Ulles
28/04/2018 Filme: 7 Dias em Entebbe - nota 7,5

O diretor, José Padilha, entende mesmo do MECANISMO. Excelente direção do brasileiro!!! Com ele não há extremismo aparente. Seguro, constrói uma obra equilibrada em tomadas concisas e visão geral. “7 Dias em Entebbe” é eletrizante/ágil sendo a melhor cena do filme o oposto desta levada cinematográfica - o momento em que a terrorista fala ao telefone: muito demorado, porém altamente significativo ao enredo. Mastigando – Em 1976, terroristas palestinos e alemães sequestram um avião da Air France com 248 passageiros. Após o feito, seguem a aeronave para a cidade de Entebe, antiga capital de Uganda. Com número expressivo de cidadãos israelenses, o ato de salvamento dos reféns passa a ser ‘uma’ das opções do governo de Israel. Ótima fotografia do brasileiro Lula Carvalho. Merece atenção a trilha sonora do compositor Rodrigo Amarante (músico da banda Los Hermanos). O roteiro é outro ponto forte da película. Gregory Burke assina. Excelente trabalho de edição de Daniel Rezende. Foi o responsável pela edição de “Cidade de Deus” (2002). Na boa!!! O brasileiro dá uma aula... Os produtores arrecadaram - apenas - quatro milhões de Dólares. A crítica norte americana deu média 5.0. em 10.0. A fita tem 107 minutos de projeção. No elenco: Rosamund Pike, Daniel Brühl, Eddie Marsan e Denis Menochet. “7 Dias em Entebbe” é o quarto filme a retratar, na telona, o fato verídico. Vale ressaltar - ainda - a competente relação feita pelo roteirista entre a ARTE da dança e a forma de execução de um trabalho militar, ou seja, com muita CONCENTRAÇÃO e DISCIPLINA. E disciplina é liberdade!!!

DEIXE UM COMENTÁRIO
COLUNISTA
Zé Maria Ulles
Quando menino, tinha o sonho de estudar Astronomia e fazer cinema. O tempo passou, e Zé se formou em Comunicação Social, História, Filosofia e Música.
ÚLTIMOS ARTIGOS
                  
Patent