Colunistas Zé Maria Ulles
23/10/2017 Filme: A Morte te dá Parabéns Nota 7,0

“A Morte te dá Parabéns”, literalmente, é uma película ‘mais do mesmo’... Porém, ela deve ser vista!!! O aprendizado que cada pessoa vivencia com a repetição de suas experiências - quase sempre no espaço ordinário do cotidiano - provoca maior discernimento nas atitudes tomadas. Inclusive, o pensamento ‘reencarnacionista’ passa por esse campo de PERCEPÇÃO que a obra retrata com competência de maneira metafórica. Aliás, a temática do filme em questão - em que o protagonista acorda sempre no mesmo dia - não é nova. Em “Feitiço do Tempo de 1993, a ideia passeou pelo gênero da comédia. Este ano mesmo, o filme “Antes que Eu Vá” abordou o tema como drama. E agora, “A Morte te dá Parabéns” fala dele vestido de suspense e com nuances de terror... Mastigando – Jovem estudante acorda, na oitava badalada do sino da escola, com a impressão de que o dia de seu aniversário fora igual ao dia anterior. Nele, ela teria sido perseguida por um louco mascarado que a MATARIA. Excelente trabalho de direção de Christopher B. Landon. O filme tem uma dinâmica que agrada muito. Landon também assina o ótimo roteiro com Scott Lobdell. Destaque para a edição de Gregory Plotkin. No elenco: Jessica Rothe, Israel Brousssard e Ruby Modine. Não perca essa obra cinematográfica que fala sobre vida, morte e transformação. Nela, o expectador vai aprender que: se por acaso, a morte lhe der parabéns, saiba apagar as velhinhas com bom humor, inteligência e bastante maturidade!!! 

DEIXE UM COMENTÁRIO
COLUNISTA
Zé Maria Ulles
Quando menino, tinha o sonho de estudar Astronomia e fazer cinema. O tempo passou, e Zé se formou em Comunicação Social, História, Filosofia e Música.
ÚLTIMOS ARTIGOS