Colunistas Zé Maria Ulles
19/03/2019 Filme: A Morte te dá Parabéns 2 - nota 5,0

O segundo filme da série tem menos suspense e se perde em uma grande confusão quântica. Mas a mensagem da obra é válida!!! O diretor, Chistopher Landon, não conseguiu transmitir a mesma tensão/medo que na fita original - "A Morte te dá Parabéns" (2017). Na continuação, Landon cria boas tomadas com cenas bem tolas... Quase infantis!!! Todavia, ele acerta na dinâmica empregada.  Mastigando – Amigo da protagonista acorda no mesmo dia todas as manhãs. Atordoado com a situação, relata o fato a namorada do amigo. Ela diz a ele que também passou por tal coisa. E que sempre terminava com a dolorosa morte dela causada por um assassino mascarado. Para terminar com o problema, ambos saem a procura da causa e descobrem que a solução está em uma máquina de energia quântica no laboratório da escola. Boa fotografia de Toby Oliver. Vale também para a edição de Bem Baudhuin. Competente trilha sonora. Bear McCreary assina. Chistopher Landon elaborou o roteiro - assim como o original - mas na continuação, acabou inventando muito e se complicou. No elenco: Jessica Rothe (trabalho ruim), Israel Brousssard, Phi Vu e Raquel Matthews. Os produtores gastaram 9 milhões de Dólares e arrecadaram 42 milhões. A crítica norte americana achou regular. Média 5.8 em 10.0. A obra tem 100 minutos de duração. Lando e os produtores afirmaram que se o segundo filme tiver bom público, eles fariam a continuação... Então, diante do mundo REAL, os fãs já podem comprar as velhinhas!!! 

DEIXE UM COMENTÁRIO
COLUNISTA
Zé Maria Ulles
Quando menino, tinha o sonho de estudar Astronomia e fazer cinema. O tempo passou, e Zé se formou em Comunicação Social, História, Filosofia e Música.
ÚLTIMOS ARTIGOS