Colunistas Zé Maria Ulles
28/01/2020 Filme: Ameaça Profunda - nota 6,5

O filme é bem claustrofóbico durante toda a projeção. Isso coloca o espectador literalmente dentro d'água. "Ameaça Profunda" tem algumas concepções da 'obra prima' cinematográfica "Alien, o Oitavo Passageiro" de 1979, todavia, possui característica própria. Mastigando – Grupo de cientistas estudam as profundezas abissais no fundo do mar. Mas não ficam apenas nisso, retiram dele minerais para empresa privada. Em determinado momento, aparente abalo sísmico, coloca a estação e seus funcionários em perigo. Durante a fuga, percebem que existe algo pior que o desmoronamento. O filme em questão é a terceira obra de ficção científica do diretor William Eubank para o cinema.  Ele atinge o objetivo de prender o espectador. As cenas de ação são muito bem feitas. A fita tem dinâmica!!!  O problema da película fica por conta de um roteiro sem muita imaginação... Não por acaso, a fita tem 95 minutos de projeção. Brian Duffield e Adam Cozad levam o crédito/culpa. Ótima fotografia de Bojan Bazelli. O mesmo para a trilha sonora dos compositores Marco Beltrami e Brandon Roberts Competente trabalho de edição. Todd E. Miller, Brian Berdan e William Hoy assinam. Os cenários merecem citação... Assim como, os efeitos especiais. No elenco: Kristen Stewart e Vincent Cassel. O filme custou caro aos produtores, aproximadamente, 65 milhões de Dólares. Na bilheteria o faturamento está em 15 milhões (lançamento recente). A crítica norte-americana deu média 5.0 em 10.0. "Ameaça Profunda" merece ser visto... Você vai precisar de uma toalha, mas não vá esperando muito porque no final vai dar água!!!
 

DEIXE UM COMENTÁRIO
COLUNISTA
Zé Maria Ulles
Quando menino, tinha o sonho de estudar Astronomia e fazer cinema. O tempo passou, e Zé se formou em Comunicação Social, História, Filosofia e Música.
ÚLTIMOS ARTIGOS