Colunistas Zé Maria Ulles
06/12/2017 Filme: Extraordinário Nota 7,5

A superação de um menino contagia o cinema inteiro!!! Os expectadores saem com rostos ‘amarrotados’ diante de lágrimas e soluços que passeiam normalmente... Isso porque “Extraordinário” não aborda APENAS a difícil situação do protagonista, muito pelo contrario, o ‘barato do filme’ está no envolvimento que o problema do garoto provoca na vida de todos os personagens. Está amplitude/visão abrangente revela o caminho para entendermos que não se deve VER somente os defeitos alheios, mas, principalmente, ENXERGAR as qualidades... Mastigando – Com rosto deformado, desde o nascimento, devido a síndrome de ‘Treacher Collins’, menino tem dificuldades em se relacionar com a sociedade. Diante da necessidade eminente de ir para a escola, o protagonista entende que deve enfrentar a questão de frente. Excelente direção de Stephen Chbosky!!! Diretor de “As vantagens de Ser Invisível” (2012). Chbosky deu a obra a sensibilidade que ela merecia!!! Os posicionamentos de câmera revelam isso...  Belíssimo trabalho de edição!!! Tanto nas cenas que passeiam pela imaginação do protagonista como ao apresentar o perfil dos principais personagens. Mark Livolsi assina. Os atores estão muito bem. No elenco: Jacob Tremblay (conhecido pelo filme “O Quarto de Jack” de 2015), Julia Roberts, Owen Wilson, Izabela Vidovic e Sônia Braga (faz uma ponta). O roteiro é adaptado da obra literária “Wonder”, lançada em 2012, pela escritora Raquel Jaramillo (R.J. Palacio). Aliás, maravilhoso roteiro!!! Os produtores estão rindo de orelhada. Gastaram 20 milhões de Dólares e tiveram arrecadação de 103 milhões. A crítica norte americana deu média 7.0 em 10.0. Não perca os 113 minutos de projeção do filme “Extraordinário”!!! Uma aula de como se deve perceber e RESPEITAR o mundo ao seu redor... O cartaz da obra diz tudo!!!

DEIXE UM COMENTÁRIO
COLUNISTA
Zé Maria Ulles
Quando menino, tinha o sonho de estudar Astronomia e fazer cinema. O tempo passou, e Zé se formou em Comunicação Social, História, Filosofia e Música.
ÚLTIMOS ARTIGOS