Colunistas Zé Maria Ulles
19/10/2017 Filme: Feito na América Nota 7,0

Em 1986, o mundo ficou estarrecido quando veio a tona o escândalo de que o governo dos Estados Unidos da América vendia armas para todos os lados, ou seja, para amigos e também para inimigos. Chamado de Caso Irã-Contras - apelidado de ‘Irãgate’. Na América Central, havia acontecido o mesmo - quando norte-americanos financiam armamentos aos rebeldes marxistas da Nicarágua. E ao mesmo tempo, facilitavam a venda de drogas dos mesmos em território dos EUA. “Feito na América” relata um caso verídico diretamente ligado a esse fato. E a história é tão surreal que o diretor, Doug Liman, resolveu contá-la com extremo bom humor e muita leveza. Liman conhecido por “A Identidade Bourne” (2002) e “ No Limite do Amanhã” (2014) fez um filme com grande competência. Os 115 minutos de projeção passam sem você perceber - tamanha a dinâmica da obra. Excelente roteiro. Gary Spinelli assina. Excelente trabalho de Edição. Ótima fotografia de César Charlone. No elenco Tom Cruise (muito boa interpretação), Sarah Wright e Domhnall Gleeson. O filme teve orçamento de 50 milhões de Dólares arrecadando 86. Mastigando – Piloto de grande empresa aérea americana recebe proposta para trabalhar em missões secretas para a CIA. Com o passar do tempo, acaba se envolvendo com revolucionários, traficantes, militares e personalidades do alto escalão do governo de seu país. Não perca essa história de riqueza, cegueira e poder!!!

DEIXE UM COMENTÁRIO
COLUNISTA
Zé Maria Ulles
Quando menino, tinha o sonho de estudar Astronomia e fazer cinema. O tempo passou, e Zé se formou em Comunicação Social, História, Filosofia e Música.
ÚLTIMOS ARTIGOS