Colunistas Zé Maria Ulles
19/04/2017 Filme: Fome de Poder Nota 7,0

O jingle usado no comercial de 1987 do McDonald`s diz: dois hamburguês, alface, queijo, molho especial, cebola, picles no pão com gergelim. Ele pode ser considerado um bom exemplo da estratégia comercial de uma das marcas mais famosas da história mundial. E para se chegar a tal, foi preciso colocar ‘qualidade’ e ‘rapidez’ ao negocio. E o roteiro do filme “Fome de Poder” vai revelar exatamente isso. Mastigando – Dois homens de cidade pequena montam lanchonete para venda de hamburguês. São ótimos estrategistas na relação tempo/espaço e colocam esse conceito na empresa. Primam pela rapidez no atendimento e pelo sabor dos produtos oferecidos. Todavia, muito despreparados para a expansão do negocio acabam contratando vendedor experiente para a missão. Ótima direção de John Lee Hancock. Em 2012, dirigiu “Branca de neve e o Caçador”. O ator Michael Keaton está fantástico!!! No elenco: Nick Ofterman, John Carrol Lynch, Patrick Wilson e Linda Cardellini. Roteiro primoroso. Robert D.Siegel tirou de um tema simples algo bem agradável. O expectador que entra achando que o filme não vai render se surpreende... Muito boa a edição. Robert Frazen assina. Apesar da grande arrecadação que a empresa McDonalds’ tem mundialmente - nas telas ficou no vermelho. Gastaram 25 e faturaram 21 milhões de Dólares. O filme é tão gostoso que sai dele e fui comer um ‘Quarteirão com Queijo’ e um pacote de batatas fritas em homenagem ao cara que inventou isso... Faça o mesmo!!!  

DEIXE UM COMENTÁRIO
COLUNISTA
Zé Maria Ulles
Quando menino, tinha o sonho de estudar Astronomia e fazer cinema. O tempo passou, e Zé se formou em Comunicação Social, História, Filosofia e Música.
ÚLTIMOS ARTIGOS