Colunistas Zé Maria Ulles
15/02/2017 Filme: Guerra nas Estrelas – Rogue One Nota 8,5

O roteiro honrou o nome da série: Guerra!!! Sem dúvida nenhuma, “Rogue One” é o filme mais violento de todos os capítulos anteriores. Falando em passado, a história   ocorre entre os capítulos três (“A Vingança dos Sith”) e o quatro (“Uma Nova Esperança”) da saga. “Rogue One” seria o 3,5... Mastigando – Convocada  por rebeldes para a missão de roubar a planta original de poderosa arma do Império - a mais letal do universo. Jovem tenta encontrar seu pai que fora sequestrado - pelo lado negro - para ser o engenheiro encarregado de construir a chamada Estrela da Morte. Com direção audaciosa de Gareth Edwards, os 133 minutos de duração, enchem os olhos do expectador. As tomadas de guerra são FANTÁSTICAS... Sente-se que Edwards segue a cartilha da série, ou seja, qualidade visual/técnica em primeiro lugar!!! Os efeitos especiais tem um trabalho de coloração de imagens que beira o inacreditável!!! A realidade chega a ser absurda... O setor de Desing de Arte merece o Oscar!!! Outra obra prima é a fotografia de Greig Fraser. Excelente edição de Jabez Olssen!!! O roteiro é caprichado, John Knoll e Gary White assinam. No elenco: Felicity Jones, Mads Mikkelsen, Forest Whitaker e James Earl Jones. Foram gastos 200 milhões de Dólares para produzir “Rogue One”. O filme arrecadou 5 vezes mais. Um bi!!! A crítica americana bateu palmas... (8.0 em 10.0). Mesmo sem contar com o charme dos personagens originais, o filme envolvente a todos pela perfeição técnica e bela história... Agora é esperar até o dia 15 de dezembro, deste ano, para assistir o oitavo capitulo da saga: “O Último Jedi”. Se ele for tão agudo quanto o filme em questão... Que a forca esteja com você!!!

DEIXE UM COMENTÁRIO
COLUNISTA
Zé Maria Ulles
Quando menino, tinha o sonho de estudar Astronomia e fazer cinema. O tempo passou, e Zé se formou em Comunicação Social, História, Filosofia e Música.
ÚLTIMOS ARTIGOS