evden eve nakliyat istanbul evden eve nakliyat evden eve nakliyat fiyatları
Colunistas Zé Maria Ulles
19/06/2018 Filme: No Olho do Furacão NOTA 5,5

O filme “Duro de Matar” continua influenciando produções atuais. A fita em questão segue o roteiro da película de sucesso estrelada por Bruce Willis em 1988. Mas “No Olho do Furacão” fica longe de se ser um ícone dos filmes de ação. Mastigando – Ladrões invadem o cofre do Tesouro Nacional americano para roubar 600 milhões de Dólares em notas que seriam inutilizadas. Para facilitar a operação, esperaram pelo aparecimento do furacão Heist que forçaria a evacuação imediata da população da cidade - facilitando a fuga. Todavia, a tempestade e o maremoto gerados pela força da intempérie dificultam a execução criminosa; além do aparecimento de um intruso. O diretor, Rob Cohen, tem em seu currículo filmes que não convencem como “XXX” (2002) e a “A Múmia - Túmulo do Imperador Dragão (2008). E o sucesso “Velozes e Furiosos de 2001. Apesar da boa direção nas cenas de ação, Cohen deixa alguns furos pelo caminho... Bons efeitos especiais!!! Regular a edição de Niven Howie!!! Inicialmente, o enredo soa como novidade: ‘um assalto durante um furacão’, mas os roteiristas pecaram pela falta de imaginação. O roteiro virou uma cópia disfarçada. No elenco: Toby Kebbel, Maggie Grace, Ryan Kwanten e Ralph Ineson. Os produtores gastaram 68 milhões de Dólares para fazer o filme e tiveram grande prejuízo nas bilheterias. A arrecadação ficou em 12 milhões. A crítica norte americana reprovou a obra. Média 4.2 em 10.0. A película passeia por ‘bons e maus’ momentos; reservando para o final a pior parte. É de amargar!!! Inverossímil, atenta ao bom senso do expectador. A CATÁSTROFE demora 103 minutos para passar. Você não sai com raiva do cinema, mas se o furacão tivesse te levado para outro lugar, seria bem melhor!!!

DEIXE UM COMENTÁRIO
COLUNISTA
Zé Maria Ulles
Quando menino, tinha o sonho de estudar Astronomia e fazer cinema. O tempo passou, e Zé se formou em Comunicação Social, História, Filosofia e Música.
ÚLTIMOS ARTIGOS
                  
Patent