Colunistas Zé Maria Ulles
04/10/2017 Filme: O Filme da Minha Vida Nota 5,5

Filme extraído do livro, “Um Pai de Cinema”, lançado em 2010, pelo escritor chileno Antonio Skármeta. A história é muito boa deixando o espectador envolvido na obra. Todavia, a câmera parada do diretor provoca profunda monotonia. O terceiro filme de Selton Mello na direção poderia ter sido melhor. Ele caprichou na relação com atores e atrizes, retirando de cada um deles uma admirável entrega. Mas a mania dos diretores brasileiros em PASTEURIZAR suas obras com imagens lentas ou muito paradas não cabe mais em uma sociedade mundial/brasileira cada vez mais acelerada. O cinema de arte (?!?!) não precisa ser - necessariamente - bucólico em sua forma. No elenco: Johnny Mass (bela atuação), Vincent Cassel, Selton Mello e Bruna Linzmeyer. Ótima fotografia de Walter Carvalho!!! Direção de arte marcante de Claudio Amaral Peixoto. Muito bom roteiro adaptado!!! O diretor e Marcelo Vindicatto assinam. O filme tem 113 minutos de duração. Os produtores gastaram 1.218.000 mil e arrecadaram 243 mil nas bilheterias. A ambientação e o vestuário merecem menção... Mas a câmera parada!?!?

DEIXE UM COMENTÁRIO
COLUNISTA
Zé Maria Ulles
Quando menino, tinha o sonho de estudar Astronomia e fazer cinema. O tempo passou, e Zé se formou em Comunicação Social, História, Filosofia e Música.
ÚLTIMOS ARTIGOS