Colunistas Zé Maria Ulles
03/09/2018 Filme: O Protetor 2 Nota 5,5

O filme "O Protetor" foi lançado em 2014 e agradou pelo bom roteiro e a presença marcante de Denzel Washington. Infelizmente, o segundo carece de melhores cuidados. Até as cenas de ação ficam devendo. Moram no exagero, tipo: o mocinho tosse e caem três bandidos mortos. Definitivamente, há uma deficiência nas fitas apelidadas de 'Brucutu'. Não se faz mais heróis como antigamente!!! E não por acaso, os heróis da Marvel e da D.C. Comics tem arrebatado multidões Mastigando - Agente investiga assassinato de colega em Bruxelas. Durante a operação, ela, também é morta. Para resolver a questão, o protagonista entra em cena. A fita não traz NADA de novo. O roteiro de Richard Wenk é copia de uma porção de filmes do gênero. Regular a fotografia de Oliver Wood. A trilha sonora não diz a que veio. Harry Gregson-Williams compôs. O diretor, Antoine Fuqua, não manteve a mesma firmeza que o filme anterior - que também dirigiu. No currículo, Fuqua tem o péssimo "Ataque à casa Branca" (2013) - uma copia deslavada de "Duro de Matar" de 1988. O que salva a película são cenas fora da trama central - e o já citado protagonista. No elenco: Denzel Washington, Bill Pulman, Ashton Sanders e Pedro Pascal. A sessão Brucutu, rendeu aos produtores 103 milhões de Dólares para um custo de 62 milhões. Para a crítica norte americana. Média 5.3 em 10.0. O filme tem 120 minutos de duração. Muito tempo para pouco roteiro!!!

DEIXE UM COMENTÁRIO
COLUNISTA
Zé Maria Ulles
Quando menino, tinha o sonho de estudar Astronomia e fazer cinema. O tempo passou, e Zé se formou em Comunicação Social, História, Filosofia e Música.
ÚLTIMOS ARTIGOS