Colunistas Zé Maria Ulles
07/01/2018 Filme: Suburbicon Nota 7,0

A Guerra de Secessão e suas diferenças sociais ainda não saíram do cotidiano norte americano. Os filmes sobre RACISMO continuam a se perpetuar... Todavia, com senso bem crítico, os últimos tem abordado o sentido exato do conceito de ‘racismo’ e suas consequentes  radicalizações... A pouco, lançaram “Detroit em Rebelião” e agora, “Suburbicon”. Mastigando – Em 1959, condomínio residencial de classe média, Suburbicon, formado eminentemente por brancos - recebe moradores de família negra. Com a história intransigência racial, os novos moradores desagradam a comunidade local e atos de violência se sucedem. Excelente direção de George Clooney. Ótimos takes!!! Se o diretor/ator tem se caracterizado por filmes ‘água com açúcar’ -  não é o caso deste.  Em “Suburbicon” a crítica/debochada é feroz e o pau canta!!! O excelente roteiro feito a quatro mãos: pelo diretor, os irmãos Coen (Ethan e Joel) e Grant Heslov. Muito boa edição de Stephen Mirrione. A fotografia idem. Trabalho de Robert Elswit. O vestuário merece atenção. No elenco: Matt Damon, Julian Moore (faz dois papeis) Noah Jupe (o menino tem futuro) e Jack Conley. O filme tem 105 minutos de duração. Como a temática bate de frente com o ‘calo americano’ - racismo - o filme só arrecadou 9 milhões de Dólares nas bilheterias. O custo de produção ficou na casa dos 25 milhões. A crítica norte americana, também, bateu de frente. Média 4.5 e 10.0. “Suburbicon” merece ser visto!!! Sem dúvida que a obra tem certos ‘exagerismos’ cômicos... Até porque: raça SUPERIOR só pode ser piada!!! 

DEIXE UM COMENTÁRIO
COLUNISTA
Zé Maria Ulles
Quando menino, tinha o sonho de estudar Astronomia e fazer cinema. O tempo passou, e Zé se formou em Comunicação Social, História, Filosofia e Música.
ÚLTIMOS ARTIGOS
                  
evden eve nakliyat evden eve nakliyat fiyatları şehirlerarası evden eve nakliyat