Colunistas Zé Maria Ulles
03/10/2017 Filme: Valerian e a Cidade dos Mil Planetas Nota 5,5

“Valerian e a Cidade dos Mil Planetas” é o filme mais caro da história do cinema europeu e foi extraído da série de quadrinhos francesa, “Valerian e Laureline”, lançada em 1967. A obra é um belo festival de cores e efeitos especiais... O filme se resume a isso!!! O diretor, Luc Benson, conhecido pelos ótimos “Lucy” (2014), “O Profissional” (1994) e “Imensidão Azul” (1988), fez um filme tolo. As briguinhas dos protagonistas/enamorados são patéticas. O vilão não convence. O elenco tem uma constelação de gente conhecida: Clive Owen, Rutger Hauer, Ethan Hawke, Rihanna e os protagonistas Dane DeHaan (péssima atuação) e Cara Delevingne. Excelente fotografia de Thierry Arbogast!!! São 137 minutos de projeção com um visual ESPETACULAR!!! Edição regular. Os produtores gastaram 209 milhões de Dólares e arrecadaram 221 milhões nas bilheterias. A crítica europeia e norte americana DETONOU o filme. Mastigando – Os policiais espaciais, Valerian e Laureline, são encarregados de uma missão para recuperar um conversor capaz de duplicar qualquer coisa. Durante a operação, o protagonista recebe uma mensagem telepática de socorro proveniente de um planeta em situação apocalíptica. Luc Benson roteiriza a película. E o roteiro é o maior defeito do filme. Ele se resolve no final, mas torna o filme muito confuso...

DEIXE UM COMENTÁRIO
COLUNISTA
Zé Maria Ulles
Quando menino, tinha o sonho de estudar Astronomia e fazer cinema. O tempo passou, e Zé se formou em Comunicação Social, História, Filosofia e Música.
ÚLTIMOS ARTIGOS