Colunistas Zé Maria Ulles
29/04/2017 Filme: Velozes e Furiosos 8 Nota 5,5

Muitos altos e baixos!!! O roteiro tem algumas boas ideias, porém, no contexto geral existem ‘impossibilidades’ que beiram a idiotice. Um 007 RUIM!!! Mastigando – Grupo terrorista - chefiado por uma mulher - tenta se apossar de artefato nuclear para dominar o mundo. Para chegar ao objetivo, obriga o líder dos Velozes e Furiosos a trabalhar para a organização criminosa. Diante da realidade, ele se torna um traidor para seu grupo de amigos/família. O diretor, F. Gary Gray, conhecido por “O Negociador” (1998), fez um filme confuso. Tem ‘tudo muito’ na obra. O roteirista, Chris Morgan, que fez ótimo trabalho em vários filmes da série, como: “Velozes e Furiosos” 3, 5, 6 e 7, neste, errou a mão!!! E em alguns momentos, um bate-papo longo e TOSCO. A edição ficou comprometida. O uso de ‘slow motion’ tira o brilho/veracidade de algumas cenas. Os efeitos especiais são bem feitos, mas o excesso deles ridiculariza as cenas e o filme no geral... No elenco, a geração brucutu: Vim Diesel, Dwayne Johns, Jason Stath e Kurt Russel. Mas quem arrebenta MESMO é uma MULHER. Charlize Theron!!! Vai ser má assim lá em casa... Quem aparece fazendo ponta é Helen Mirren. O que caiu bem no filme: o retorno de forma fulminante do elemento temático CARRO. E em “Velozes e Furiosos 8”, ele aparece acelerado. A película tem 160 minutos de duração. Se você assistiu os anteriores, vá conferir mais um capítulo da série. São dez filmes ao todo e o próximo chega em 2019.

DEIXE UM COMENTÁRIO
COLUNISTA
Zé Maria Ulles
Quando menino, tinha o sonho de estudar Astronomia e fazer cinema. O tempo passou, e Zé se formou em Comunicação Social, História, Filosofia e Música.
ÚLTIMOS ARTIGOS