Colunistas Zé Maria Ulles
13/05/2019 Filme: Vingadores – Ultimato - nota 6,5

O terceiro filme da saga "Vingadores" é DECEPCIONANTE !!! E a culpa fica por conta do péssimo enredo... Sem a menor criatividade, acabou virando uma 'repetição' do segundo filme... "Vingadores – Guerra Infinita (2018). "Vingadores – Ultimato" leva o crédito de 'xarope'!!! Tendo um enfoque 'exageradamente' dramático para um gênero historicamente de aventura/ação. Para piorar, a sociedade humana não está no filme... Os heróis estão mais preocupados em salvar a vida dos familiares do que da dona Maricotinha, do Zé Ninguém e do Doutor Bittencur. O filme revela um super-EGO!!! Os roteiristas são Christopher Markus e Stephen McFeely. Mastigando – Com a aparição do Homem-Formiga advindo do mundo quântico surge uma nova esperança para a humanidade, após o extermínio provocado pelo vilão Thonos. Infelizmente, os diretores, Anthony Russo e Joseph Russo não souberam criar algo novo e a levada do filme ficou muito cansativa com seus 180 minutos de projeção. Para amenizar a dramaticidade - forçada -, o roteiro ficou impregnado de cenas cômicas... Parecia, em alguns momentos, uma comédia pastelão!!! Onde o filme agrada??? Na parte técnica e nas interpretações. Excelentes efeitos especiais garantem a veracidade das situações, assim como, encantam olhos pela estética perfeita!!! Ótima trilha sonora do compositor Alan Silvestri. Espetacular fotografia!!! Trent Opaloch assina. Muito boa edição de Jeffrey Ford e Mattew Schmidt. No elenco: Robert Downey Jr. (um show à parte), Chris Evans, Scarlett Johanssom, Mark Ruffalo, Brie Larson, Bradley Cooper, Vi Diesel, Zoe Saldana e Samuel Lee Jackson. Os produtores gastaram, aproximadamente, 375 milhões de Dólares para fazer a obra. Já arrecadaram um bilhão e 600 milhões. A crítica norte americana adorou a obra. Média 8.0 em 10.0. Em resumo: super-herói não morre, piada tem sua hora e vilão não se torna 'bundão'. Não tem nexo, o Thanos elimina seus adversários, vira dono do universo e depois cai - em ato de burrice/Dilma Rousseffiana e de grande depressão - destruindo a sua maior arma de poder. HEIN!!! O Thor vira alcóolatra e o Hulk se transforma em uma 'coisa' entre David Banner e o mostro. Nas revistinhas em quadrinhos, somente o Capitão América tinha graves problemas existenciais... Virou Nômade!!! No filme em questão, os super-heróis ficaram muito humanos... HEIN!!! Se por acaso, voltarem no tempo para salvar os que ficaram, o enredo - de uma provável sequência - vai ficar tão 'mais do mesmo' quanto "Vingadores – Ultimato". O público da sessão adorou... Chorou, riu e, no fim, bateu palmas!!! 

DEIXE UM COMENTÁRIO
COLUNISTA
Zé Maria Ulles
Quando menino, tinha o sonho de estudar Astronomia e fazer cinema. O tempo passou, e Zé se formou em Comunicação Social, História, Filosofia e Música.
ÚLTIMOS ARTIGOS