Colunistas DEDO DE MOÇA
25/09/2019 Frio e dinheiro : duas coisas em falta para todos

Dívidas para dar com o pau na capital do Brasil


Após atingir o maior patamar do ano no mês de julho, o total de famílias brasilienses endividadas registrou uma leve queda em agosto. Uma Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada essa semana pela Fecomércio-DF, apontou que o número baixou de 81,2% para 80,6%. Consome, consome, consome e depois fica no pau. Oi, brasiliense?


Se liga na saúde, brasiliense


Enquanto a seca braba de Brasília passa por um período de mais de 100 dias sem chuva e com a umidade do ar abaixo do 20%, alguns brasilienses sofrem com os desconfortos da seca de deserto. Entre as doenças respiratórias e de pele, a época também chama a conjuntivite. A revista Pepper adverte: beba água e taca colírio nesse olho. Isso não é novidade, né calangada?

 

Senta que lá vem história


O nosso querido Senado Federal, aprovou esta semana, um projeto que permite aumentar o valor destinado ao fundo eleitoral, principal fonte de recurso para as campanhas políticas. Além disso, meus amores, o texto também flexibilizava punições e dificultava a fiscalização dos partidos... Agora é que são elas!

 

Ponto para o Bolsonaro


O presidente Bolsonaro sancionou ontem, um projeto que altera a Lei Maria da Penha. Agora, o agressor vai ter que custear as despesas do atendimento à vítima de violência doméstica pelo SUS. Ainda não foi divulgado os detalhes de como será cobrado este reembolso. De qualquer forma, as mulheres agradecem.

 

Flávio Bolsonaro dá um chega pra lá


Quem achou que a história do “pode não pode” de Flávio Bolsonaro tinha acabado, temos uma notícia: achou errado, otário. A relação entre o PSL e o governo de Wilson Witzel (PSC), no Rio de Janeiro, está terminando de maneira polêmica. Após a bancada do partido anunciar que não fazia parte da gestão, o senador Flávio Bolsonaro determinou que os que querem permanecer no governo carioca, devem deixar o PSL. É treta que não acaba mais!

 

Arena Corinthians está com o nome sujo que nem a gente


Pra quem ainda não sabe, tem um processo aí rolando na justiça que inclui a Caixa Econômica Federal e a Arena Itaquera S/A, que administra o estádio do Corinthians. financiamento da arena desde março e por isso cobra uma multa no valor de R$ 48,7 milhões. No final das contas, a justiça acatou o pedido do banco e incluiu todo mundo no Serasa. Nós, meros mortais, estamos na mesma...

DEIXE UM COMENTÁRIO
COLUNISTA
DEDO DE MOÇA
ÚLTIMOS ARTIGOS