Colunistas DEDO DE MOÇA
25/09/2019 Nossa colunista veio te atualizar !

Carluxo em “como dar a rosca sem sentir dor”


Senta que lá vem história... O vereador Carlos Bolsonaro, mais conhecido como “Carluxo”, usou o twitter essa semana para falar que os cursos de humanas ensinam “como dar rosca sem sentir dor”. Isso tudo foi uma forma de comemoração, já que seu pai, o presidente Bolsonaro, retirou recursos das áreas humanas para passar para as exatas. “Governo Bolsonaro investe em mais recursos para pesquisas de verdade e não aquelae padrões que ensinam como queimar a rosca sem sentir dor”, disse postou Carluxo. Isso tudo é vontade, querido?

 

No filmagens, please


A atual ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, participou no último final de semana de um congresso na Igreja da Lagoinha, em Belo Horizonte. Até aí tudo bem. O que os fieis não esperavam era que a sua equipe teria “vetado” as filmagens da fala da ministra. Isso tudo ocorreu para evitar polêmicas e exposição. O que a gente queria mesmo era escutar mais histórias da goiabeira, do rosa e do azul e da frozen lésbica. Deixa te filmarem, Damares! Nunca te pedimos nada.

 

PT quer candidatos youtubers

 


O PT de São Paulo vai usar a escolha dos 82 candidatos a vereador que disputarão a eleição municipal do ano que vem para tentar atrair setores da esquerda afastados do partido. A ideia é dedicar parte dessas vagas a influenciadores digitais, youtubers e jovens integrantes do movimento hip hop. Agora a pergunta que não quer calar: isso tudo é estratégia para sair do buraco?

 

DF: centro da cultura tecnológica


Em evento sobre cibersegurança, o governador do DF, Ibaneis Rocha, disse que o GDF tem a missão de incentivar o avanço tecnológico no DF. “Estamos buscando transformar Brasília em um centro de cultura tecnológica”. Porém, segundo Ibaneis, a cidade precisa ter energia segura para dar suporte à tecnologia. Por isso, ele trabalha o projeto do gasoduto. Aí sim! Isso nós apoiamos, governador!

 

Faltou água? Fecha tudo


O negócio dos brasilienses com a seca está tão maluco, que achamos que algumas pessoas podem estar surtando. Alguns manifestantes fecharam parte da via Estrutural em um protesto por falta de água. É a seca? Não sabemos. Mas alguns moradores falaram que estão com problemas no abastecimento há cerca de dois meses. Teve fogo, pneu queimado, porrada, dedo no olho e gritaria.

DEIXE UM COMENTÁRIO
COLUNISTA
DEDO DE MOÇA
ÚLTIMOS ARTIGOS