Colunistas Pepperina
15/05/2020 Pepperina sensual na quarentena : AGRIDOCE Por :Luziana Navarro

Seja Valente
Me apresente
Sem pudor
Todo fel e amargor
Da sua dor
Para mim ostente
Tergiversar não tente
Me encare de frente
Meu olhar enfrente
Toda me reinvente
Me desmonte e
Monte
Nova mente
Faça diferente
Me faça contente
Içei as velas
Agora vente
Pense na gente
Urgente
Use lente
De aumento bem potente
Fite meu fulgor
Acabe fogo e torpor
Estou toda quente
Deite no meu ventre
Sou terra
Seja semente
Serei sua somente
Não me deixe dormente
Meu futuro você pressente
Quero ser seu presente
Você pede que eu sente
Que de desejo eu não aguente
Toda você me sente
Pois, meu proco, pretendente
Meu olhar não mente
Não lhe sou indiferente
Amar é ostentador e tentador
Tem dor
Mas tem calor
Serei brisa e seu frescor
Cantarei um fado entristecedor
Em louvor ao nosso amor
Sorverás meu favo com vigor
A desabrochar em doce flor
Mel amor

DEIXE UM COMENTÁRIO
COLUNISTA
Pepperina
Mulher quente, polêmica, sem papas na língua. Adora eventinhos sociais e o politicamente incorreto.
ÚLTIMOS ARTIGOS