Cultura Música
30/08/2017 Redação “Ensaio”, novo álbum de Bruno & Marrone, traz repertório de inéditas Gravado em lugar histórico, CD e DVD preservam simplicidade e exaltam qualidade da dupla

Depois de seis anos, Bruno & Marrone lançam CD e DVD só de músicas inéditas para a maioria do grande público que acompanha a dupla. Das 22 faixas deste trabalho, algumas foram gravadas por artistas regionais e ganham força na voz de Bruno & Marrone. Registrado em dezembro de 2016, no Hotel Fazenda Dona Carolina, em Itatiba, interior de São Paulo, o 21o álbum da dupla trouxe de volta a simplicidade no cenário e formação acústica, além de, claro, a inconfundível voz de Bruno como protagonista do projeto. O DVD tem a chancela da Universal Music, nova gravadora da dupla, após a experiência do projeto “Clássico”, que unia Bruno & Marrone e Chitãozinho & Xororó. 

Com 31 anos de carreira, a dupla já tem como hábito andar na contramão; em 2001, quando lançou o DVD “Acústico ao vivo”, a dupla revolucionou a sonoridade da música sertaneja até então com cordas e metais. Bruno & Marrone surgiram com uma formação acústica, revelando ao público a potente voz de Bruno e o casamento perfeito com Marrone como segunda voz. “Este estilo é, sem dúvida, o que mais me identifico. Gosto de pegar o violão e cantar...cantar”, comenta Bruno. 

Outro contraponto ao que acontece nos dias de hoje é a utilização do cenário natural. A dupla abriu mão dos gigantes painéis de led e da tecnologia de reprodução de imagens em alta definição para valorizar o ambiente natural do local. Usando como fundo do DVD, escolheram um casarão histórico construído em 1872 e inteiramente restaurado mantendo todo o esplendor da época das grandes fazendas de café. Todo elemento cenográfico utilizado por Zé Carratú teve como intuito revelar a beleza do espaço. 

Por falar em ambiente, vale o registro da harmonia da gravação, somente com os profissionais envolvidos, família e staff da dupla. “Foi um ensaio valendo, com um repertório incrível”, diz Marrone. Há tempos Bruno & Marrone buscavam canções inéditas e sentiam falta de um trabalho assim. Eduardo Pepato junto com os empresários e os artistas foram os responsáveis pela seleção. “Gravamos com compositores da nova geração, mas que entenderam a essência de Bruno & Marrone”, completa Rodrigo Barbosa, empresário da dupla. 

O repertório e a inspiração para interpretar é de tirar o fôlego, dá-se a impressão de ouvir Bruno & Marrone como há muito tempo não se ouvia. Totalmente à vontade, a dupla soltou a voz em canções que parecem ter sido feitas especialmente para eles - e para este momento. “Enquanto eu brindo cê chora” foi a primeira faixa que o público pôde conhecer. Outras tantas merecem destaque: “Na conta da loucura”, “Pensa bem” e “Motivo Bobo (Vestido vermelho) ” são daquelas canções que nem precisa de esforço para identificar os intérpretes. “Andar solidão”, “Chega de nove horas” e “Jogou pro alto” são convites para dançar; já o bolero da vez fica por conta de “Trégua”. Enfim, um repertório que, embora inédito, revisita a melhor versão de Bruno & Marrone. 

A captação de imagem de Catatau conseguiu explorar com delicadeza a identidade que a dupla quis passar. Pela primeira vez, Eduardo Pepato assina a produção musical e a direção geral tem o carimbo da parceria de uma vida, a WorldShow.

DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS