Lifestyle Bem Estar
00/00/0000 Pela autovalorização, mulheres exibem suas estrias
Tenho 22 anos e tenho estrias desde os 12 (Reprodução Instagram)
Tenho 22 anos e tenho estrias desde os 12 (Reprodução Instagram)

“Mulher real, corpos reais, amor próprio real. Celebre as suas estrias!” É assim que duas mães da Costa Oeste dos Estados Unidos e que preferem não se identificar convidam mulheres a mandarem fotos de suas marcas para alimentar o perfil @LoveYourLines, no Instagram.

A novidade foi resultado de uma conversa sobre como o corpo de cada uma havia mudado depois da gravidez. Surpreendentemente, em apenas 24 horas, elas receberam 70 imagens e depoimentos de mulheres contando sobre a relação que tinham com suas próprias estrias.

 \"\"

\"SEMPRE FUI CONSCIENTE DAS MINHAS ESTRIAS\" (FOTO: REPRODUÇÃO INSTAGRAM)


“Sou uma mulher de 24 anos. Ainda não tive filho, mas ganhei 9 kg em um ano por conta de estresse emocional. Já voltei ao meu corpo anterior, mas o ganho de peso deixou algumas estrias. Obrigada por me encorajar a compartilhar uma parte do meu corpo que lentamente tenho aprendido a amar dia após dia”, diz um dos depoimentos.

“Imperfeições nos fazem perfeitas. Fácil de dizer, difícil de aceitar plenamente... Porém, uma verdade”, consta em outro.

 \"\"

IMPERFEIÇÃO É O QUE NOS FAZ PERFEITA\" (FOTO: REPRODUÇÃO INSTAGRAM)

“Eu (ainda) não tive filho, mas meu corpo tem mudado e estirado, deixando uma série de estrias em várias partes. Elas servem como um lembrete dos anos que minhas pernas têm me transportado conforme sigo a minha trajetória e das diversas vezes que eu tentei mudar para me encaixar ao molde que eu achava que a sociedade queria que eu parecesse.... Cintura menor... Pernas menores... Tudo menor... Ao invés de pernas grandes... Bunda grande... E assim por diante”, diz uma outra retratada.

Fato é que a grande maioria das mulheres, em algum momento da vida, irá se deparar com essas marcas naturais, resultado da gravidez, mudança de peso e alterações hormonais. Assim como muitos homens! Por isso, as criadoras do perfil seguem incentivando-as a se exporem com sua beleza real, muitas vezes descrita como uma série de defeitos.

\"AME

AME AS SUAS ESTRIAS (FOTO: REPRODUÇÃO INSTAGRAM)

Com a campanha, uma delas revelou em entrevista ao site The Huffington Post ter achado interessante o aparecimento de estrias nos mais diversos tipos de corpo. “Eu, por exemplo, as tenho em minhas coxas desde a adolescência”, disse agora, aos 31 anos. “Apesar de eu ter me tornado mãe (o que me fez ter ainda mais), tenho convivido com as minhas marcas há tempos. E eu sou magra. Se você me vir vestida, jamais irá imaginar que tenho problemas com a minha imagem corporal.”

A ideia é que fazer todas celebrarem seus corpos, independente da idade, peso ou estágio da vida.

Fonte: Revista  Marie Claire 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
                  
AR YAPUANA | AR YAPUANA | Fármacia de Manipulação Gislaine | Pizza Á Bessa |