Destaque Bizarro
00/00/0000 5 casas da ficção que se tornaram problemas reais

Já imaginou ter sua casa como cenário de um filme ou uma série de sucesso? Enquanto muitos devem pensar que isso pode ser divertido, muita gente se incomoda com o assédio de suas fachadas simplesmente por elas terem aparecido em produções do cinema ou da televisão.

Neste artigo, listaremos 5 casas que trouxeram problemas reais para seus proprietários depois de aparecerem em histórias fictícias de sucesso!

1. “Breaking Bad”

Se você é fã da série “Breaking Bad”, com certeza vai se lembrar da cena em que Walter White (Bryan Cranston) se irrita com sua própria esposa e joga uma pizza inteira sobre o telhado de sua casa. A comida ficou por lá, aparecendo em diversos episódios. Parece engraçado? Na ficção pode até ser, mas quando isso se torna um problema no mundo real, até mesmo os criadores da série precisam se manifestar.

Vince Gilligan pediu que os fãs parassem de jogar pizzas sobre o telhado da casa “real”, que fica no estado do Novo México (EUA), depois que o proprietário da residência colocou uma placa solicitando que as pessoas se mantenham afastadas. Algumas até estão obedecendo ao pedido, mas não deixam de tirar fotos com pizzas em frente à casa, sem, entretanto, jogá-las no telhado.

 

 

2. “Os Goonies”

Agora imagine lutar contra uma febre que já dura mais de 30 anos! Quando “Os Goonies” foi lançado nos cinemas, em 1985, uma das cenas mais engraçadas é quando o Gordo (Jeff Cohen) faz a dança Truffle Shuffle no portão da residência dos Walsh.

Desde então, muita gente imita a clássica cena em frente à residência de verdade, que fica na cidade de Astoria, nos EUA. Quando o atual dono a comprou, há pouco mais de uma década, ele até achava engraçado e convidava alguns fãs para conhecerem o quartel-general dos Goonies.

Porém, com a chegada do Twitter e a popularização do endereço da casa, a vida do cara se tornou um inferno! Tanto que, no mês passado, ele cobriu praticamente todas as paredes da sua residência com lonas azuis, em uma tentativa de afastar os curiosos. Ele também colocou um recado pedindo que os marmanjos apaixonados pela aventura infantil respeitem sua privacidade.

 

 

3. “Invocação do Mal”

Já imaginou ser proprietário de uma casa mal-assombrada? Um casal de idosos está sendo infernizado por conta disso. Mas se engana quem pensa que é por causa de fantasmas... Quem está incomodando, na realidade, são os fãs do filme “Invocação do Mal”, de 2013.

Desde que a produção se tornou um sucesso comercial ao narrar uma história real de caçadores de espíritos, a casa que serviu de locação para o longa-metragem se tornou um destino de peregrinação de pessoas querendo encontrar algum sinal de alma penada.

O dono da propriedade está com a idade avançada e sofrendo com problemas cardíacos. Agora, tente se imaginar no lugar dele acordando às 3 horas da manhã com as luzes de lanternas te assustando a todo o momento. Bizarro! Está sendo um teste de fogo para o pobre senhor.

4. “Sex and the City”

A série “Sex and the City” ficou famosa no final dos anos 90 ao tratar do universo feminino como jamais havia sido feito anteriormente. Discussões sobre sexo, homens, trabalho, moda, beleza e sapatos fizeram a cabeça de inúmeros fãs mundo afora. E, logicamente, eles queriam conhecer o lugar onde Carrie Bradshaw (Sarah Jessica Parker) vivia.

De repente, uma pacata rua de Nova York se tornou parte do roteiro turístico “obrigatório” de qualquer um que visitasse a cidade. Por mais que isso incentivasse o comércio local, tornou-se um grande problema para as pessoas que vivem no prédio que serviu de fachada para o apartamento de Carrie.

Depois de muito esforço, os moradores conseguiram retirar o endereço da rua dos passeios turísticos da cidade. Isso não impediu, entretanto, que a própria Sarah Jessica Parker retornasse ao local para uma sessão de fotos não autorizadas para sua nova linha de sapatos. Que papelão, hein?

5. “Uma Babá Quase Perfeita”

Já imaginou ter sua casa transformada em um santuário fúnebre? Pois é exatamente isso que aconteceu com a residência que serviu de locação para o filme “Uma Babá Quase Perfeita”, de 1993, depois que o ator Robin Williams se suicidou no ano passado.

A partir de então, os fãs passaram a homenagear o querido ator com fotos, flores, cartões, lembranças e todo tipo de presente, deixando-os, justamente, na casa do longa-metragem, localizada na cidade de San Francisco, nos EUA. O proprietário da residência, de 79 anos, nunca reclamou dos fãs, mas deve ser bastante incômodo ver a entrada da sua casa transformada em um memorial, não acham?

***

E agora, caro leitor, você já se imaginou no lugar dessas pessoas? O que você faria se fãs insistissem em visitar sua casa apenas por ela ter aparecido no cinema ou na televisão? 

 

Fonte: Mega Curioso

DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
                  
Baladas Pepper | Pepper | Editoria Baladas Pepper