evden eve nakliyat istanbul evden eve nakliyat evden eve nakliyat fiyatları
Destaque Atuais
22/12/2017 Redação Anitta fala de celulites em 'Vai Malandra' e rebate críticas sobre objetificação da mulher

Lançado na última segunda (18), o clipe de “Vai Malandra” segue como um dos assuntos mais comentados nas redes sociais. Tem quem vibre com a escolha de gente da própria comunidade para a figuração; tem quem elogie a decisão de Anitta de não retocar as celulites e também tem quem questione a forma como os corpos femininos foram retratados.

Sempre ligada na repercussão de seu trabalho, a cantora comentou as variadas reações do público em entrevista ao jornal “O Globo”. Sobre o caso da celulite, a voz de “Paradinha” disse ter ficado contente com o apoio das mulheres. “A mulher real tem celulite, a maioria tem. A estética de “Vai Malandra” é muito verdadeira, mostra uma favela real e com pessoas da comunidade. Fico feliz em saber do impacto positivo que a minha celulite teve nas mulheres. Nós devemos nos unir e parar de julgar os corpos e as escolhas umas das outras“, anunciou.

vaimalandra2

Em relação às queixas da exagerada sexualização dos corpos femininos, Anitta negou que a produção tenha objetificado a mulher. “A “malandra” do clipe não é objetificada, ela é a dona da história. E ela não é representada somente por mim, mas por todas as mulheres que participaram do clipe, na cena da laje ou na do baile. O clipe mostra diversos tipos de beleza, com diversas cores, pesos e gêneros. E toda essa beleza também é real, assim como a minha celulite“, reforçou.

Por fim, a artista disse já estar animada para ver o tal biquíni de fita isolante virar a fantasia do carnaval e celebrou a forma como o Brasil foi representado no vídeo. “O clipe expôs a realidade do funk e das favelas cariocas. Mostramos o bronze na laje, os bailes, o mototáxi, e a alegria que existe nas comunidades. Se você subir o morro, vai ver tudo isso que mostramos. Nada foi inventado“, resumiu.

 
DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
                  
Patent