Destaque Curiosidades
27/03/2017 Jude Alves As (in)ofensivas ‘Redes Sociais’?
Redação

O que se convenciona por rede social, hoje vem assumindo um conceito muito mais abrangente. Antes era apenas uma extensão do real, agora esse mundo virtual é a realidade. Vislumbrando essa capacidade de alcance informacional presente nestas ferramentas, muitas empresas passaram a investir fortemente em publicidade dentro desses meios.

Houve então o surgimento de uma nova profissão: o ‘digital influencer’, pessoas influenciadoras digitais, capazes de persuadir e vender milhares de produtos em uma única postagem em seus perfis nas redes sociais.

Associando á essas ferramentas a responsabilidade pela massificação de uma geração, podendo desenvolver pessoas sem a capacidade de escolha e acometidas de doenças relacionadas a aceitação da própria imagem.

Esses perfis populares são vistos como modelo e são seguidos e copiados a todo custo. Os consumidores que estão navegando acabam sendo fisgados, de uma maneira discreta, a comprar determinado produto. Já que nesses casos a publicidade acaba aparecendo de maneira implícita, mas extremamente exaltada pela quantidade de curtidas e comentários.

Alguns estudos apontam outros dados ainda mais graves: doenças ligadas a distorção da imagem do rosto e corpo em indivíduos que permanecem um longo período conectados. A bulimia, anorexia, depressão e outros transtornos psicológicos também estão intimamente relacionados ao mau uso da rede.

E você como se relaciona com as suas redes sociais?

DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
                  
Vertical Veículos | Vertical Veículos | Vertical Veículos