Destaque Atuais
30/03/2018 Redação Ataque de ‘chupa-cabra’ mobiliza polícia
Redação
Redação

A população de São José dos Pinhais, região Metropolitana de Curitiba, no Paraná, está assustada. Mais um caso de ataque de ‘chupa-cabra’ foi registrado na região. De acordo com a Patrulha Ambiental da Guarda Municipal local, dezenas de animais foram encontrados dilacerados em uma chácara na Colônia Zacarias, na Rua Faustino Sabota, na madrugada do último dia 27.

De acordo com informações dos agentes de segurança, 17 galinhas, nove patos, seis ovelhas e um gato foram mortos de forma extremamente violenta. Algumas ovelhas da chácara também foram atacadas e estavam agonizando.

O proprietário da chácara informou aos guardas municipais que não percebeu nenhuma movimentação suspeita e ficou assustado quando encontrou o quintal devastado.

A grade do galinheiro foi arrombada (foto abaixo).

Grades foram arrombadasGrades foram arrombadas / Divulgação/Guarda Municipal de São José dos Pinhais

Moradores da região temem pela ação de um ‘chupa-cabra’.

O nome ‘chupa-cabra’ tornou-se conhecido no Brasil e em várias partes do mundo após séries de ataques de animais em zonas rurais na década de 1990. Sempre com mortes violentas e sem vestígios de quem seria o autor. O ‘chupa-cabra’ seria uma ‘criatura extraterrestre com dentes de vampiro’.

Ataques constantes

De acordo com a Guarda Municipal de São José dos Pinhais, o proprietário de uma outra chácara na mesma rua sofreu ataque dias antes. Um bode, algumas galinhas e gansos de sua propriedade foram mortos com marcas de mutilação.

Os agentes de segurança ainda não sabem dizer o que realmente está acontecendo em São José dos Pinhais. Uma das hipóteses é de que ‘cachorros do mato’ sejam os ‘chupa-cabras’ e estejam atacando os animais. Contudo, o fato da perfuração no peito de algumas aves, sem marca de sangue aparente, deixou os guardas intrigados.

A Guarda Municipal de São José dos Pinhais decidiu reforçar o patrulhamento da região. O telefone 0800-153-0800 foi disponibilizado para que moradores que tenham informações que possam solucionar o caso se comuniquem.

 

POr: Metro Jornal

DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS