evden eve nakliyat istanbul evden eve nakliyat evden eve nakliyat fiyatları
Esporte Futebol
28/03/2018 Redação Brasil começou a enterrar o 7 a 1 Finalmente o jogo começou a mudar

Vitória da Seleção sobre o algoz na Copa do Mundo é merecida e de efeito positivo: Brasil enterra ao menos parte da grande vergonha e pode de novo olhar para frente, opina o jornalista esportivo Joscha Weber.Esta cena ficou gravada na minha memória: da arquibancada do Mineirão, um jovem torcedor brasileiro olha atordoado para o gramado. Seu nome era Sidney, e me lembro até hoje de seus olhos vazios, fixados no campo. Quanto mais olhava, mais apática ficava sua visão.

Sidney tinha lágrimas nos olhos. "É uma humilhação, estou tão triste", disse-me. "Não consigo descrever o que estou sentindo, tudo é tão inacreditável." Naquele momento, o placar estava 5 a 0, dois outros gols alemães ainda iriam atingir a alma dos anfitriões naquela semifinal da Copa do Mundo de 2014 entre Brasil e Alemanha. Assim como Sidney, milhões estavam sofrendo, uma depressão coletiva.

Porque, no Brasil, futebol é mais do que um jogo. O 7 a 1 perante a Alemanha tornou-se símbolo do fracasso de uma nação, pois marcou o início de uma séria de derrotas: escândalos de corrupção, crise econômica, crise de governo, violência nas favelas, apagões, destruição de florestas e cofres públicos à beira da falência.

Por o que esse país não teve de passar nos últimos anos! Até pouco tempo atrás, o Brasil era considerado uma potência regional em rápida ascensão, mas hoje pouco restou disso. E mesmo dois megaeventos esportivos não conseguiram mudar nada: a Copa do Mundo de 2014 deixou um trauma nacional como legado; os Jogos Olímpicos de 2016, cofres vazios e arenas não utilizadas.

O que um jogo amistoso pode mudar nisso tudo? Nada, mas ainda assim algumas coisas: menos de três meses antes da próxima Copa do Mundo, a seleção brasileira enterra parte da grande vergonha de 2014 embaixo de novas e positivas recordações: o Brasil derrotou merecidamente por 1 a 0 o campeão mundial de 2014 em sua capital, Berlim.

O fato de o treinador alemão ter embaralhado sua equipe, fazendo mudanças infelizes, e algumas estrelas do time não estarem em sua melhor forma não importa. Isso não deve diminuir a importância dessa vitória. Pois ela tem peso.

Não se deve subestimar a importância de tal sucesso: "Brasil vence a Alemanha e começa a enterrar o fantasma do 7 a 1" foi manchete do jornal Folha de S. Paulo. Com a vitória sobre o grande rival, o Brasil consegue uma revanche pequena, mas de efeito positivo.

É claro que isso não desfaz a derrota na semifinal de 2014: apesar da alegria que reinou por um bom tempo e do fair play dos torcedores, a Copa do Mundo em casa no Brasil permanece como uma lembrança ruim na memória. Mas agora é possível olhar novamente para frente: no futebol e talvez também em todo o país.

 

Por: Terra

DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
                  
Patent