Destaque Mundo
08/10/2017 Redação Chinesa fica cega depois de maratona de 24 horas jogando no smartphone

Uma mulher chinesa identificada pelo pseudônimo Wu Xiaojing teria ficado cega de um olho na cidade chinesa de Guangdong depois de fazer uma maratona de 24 horas ininterruptas jogando o game Honour of Kings no smartphone. Xiaojing, segundo o jornal chinês The Paper, tem 21 e percebeu que sua visão ficou escura, desaparecendo subitamente, enquanto jogava.

Isso teria acontecido no último domingo (1), quando ela foi levada ao hospital sem poder enxergar com seu olho direito. Os médicos a diagnosticaram com “oclusão da artéria central da retina”, uma condição comum em pessoas idosas, porém muito rara em jovens. Ela teria de 20% a 35% de chances de voltar a enxergar normalmente.

Xiaojing disse à publicação chinesa que acordava às 6h para começar a jogar durante os fins de semana e fazia sessões prologadas durante o dia todo. “Eu tirava uma soneca às 16h, depois comia alguma coisa e então continuava jogando até às 1h ou 2h”, detalhou a jovem. “Eu ficava tão absorvida pelo jogo que me esquecia de comer e de ir ao banheiro”, completou.

A garota está estudando para entrar no ramo financeiro e comentou que ficou viciada em Honour of Kings no começo deste ano. Desde então, ela tem passado seus dias de folga grudada ao celular. Os médicos atribuíram a oclusão em seu olho direito à estrema fatiga a que o órgão era submetido durante a jogatina.

Eu sempre dizia para mim mesma: 'essa vai ser minha última' rodada, mas eu simplesmente não conseguia parar

Depois de admitir que seus pais haviam a alertado para o perigo de ficar cega jogando o game, ela explicou que estava de fato viciada. “Eu sempre dizia para mim mesma: essa vai ser minha última rodada, mas eu simplesmente não conseguia parar”, disse.

Honour of Kings chegou a ser taxado por um jornal chinês estatal de “venenoso” por estar viciando jovens e envenenando a sociedade chinesa. O game já tem mais de 200 milhões de jogadores só na Ásia e está se expandido para países ocidentais.

 

Via: TecMundo

DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS