Cultura Cinema
20/09/2017 Redação Cine Brasília ganha lançamentos de livros que remetem à memória do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro nesta quinta, 21 As publicações “Entre Olhares e Afetos – 50 Festivais de Brasília do Cinema Brasileiro” e “Bernardet 80 – Impacto e Influência no Cinema Brasileiro” têm lançamento nesta quinta, às 19h

Na celebração de meio século de histórias do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, o evento ganha o lançamento de duas publicações nesta quinta, 21 de setembro, a partir das 19h, no Cine Brasília. São elas: “Entre Olhares e Afetos – 50 Festivais de Brasília do Cinema Brasileiro”, uma publicação especial que celebra as 50 edições do Festival de Brasília; e “Bernardet 80 – Impacto e Influência no Cinema Brasileiro”, uma homenagem a Jean-Claude Bernardet, patrono do Festival. 

A publicação especial “Entre Olhares e Afetos – 50 Festivais de Brasília do Cinema Brasileiro” é lançada em parceria com a Universidade de Brasília e tem a organização da professora Rose May Carneiro. A publicação traz textos de Sérgio Bazi e Sérgio Moriconi, jornalistas e críticos de cinema, e trata-se de uma pesquisa fotográfica em acervos públicos do Governo de Brasília e do próprio festival, que acabou por gerar, também, uma exposição de fotografias, em cartaz no Museu Nacional desde o dia 13 de setembro. 

A publicação traz fotos de atores, atrizes, cineastas e personalidades do cinema brasileiro em diversos momentos da trajetória do histórico Festival, dos bastidores às premiações com o Troféu Candango. A exposição “Entre Olhares e Afetos” ficará aberta até 1º de outubro, já a publicação será distribuída para convidados e equipes concorrentes da 50ª edição na ocasião de seu lançamento. 

Em “Bernardet 80 - Impacto e Influência no Cinema Brasileiro”, livro organizado por Ivonete Pinto e Orlando Margarido, e lançado pela Paco Editorial, a Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema) homenageia Jean-Claude Bernardet em seus 80 anos, reunindo artigos de profissionais de diferentes áreas do cinema. A produção do professor, pensador, crítico, roteirista, diretor e ator é analisada por 16 autores, entre cineastas, pesquisadores e críticos. 

Ivonete Pinto é jornalista, doutora em Cinema pela ECA-USP, sócia-fundadora e vice-presidente da Abraccine entre 2011-2015 e autora dos livros "A mediocridade", "Descobrindo o Irã" e "Samovar nos Trópicos". Orlando Margarido é crítico de cinema, trabalhou nos jornais Diário do Grande ABC, Gazeta Mercantil e revistas Veja São Paulo e Carta Capital. É vice-presidente da Abraccine. Escreveu "Ser Ator - Antonio Petrin" (Aplauso/Imprensa Oficial) e colaborou com "Manoel de Oliveira" (CosacNaify/Mostra).        

Serviço

Festival de Brasília do Cinema Brasileiro – 50ª edição

Quando: 15 a 24 de setembro de 2017

Programação completa:

http://www.festivaldebrasilia.com.br/

DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS