Lifestyle Celebridades
00/00/0000 Cirurgiões falam de Renée Zellweger
Possíveis intervenções: a atriz, de 45 anos, no evento Elle Mulher, na última quinta-feira - MARIO ANZUONI / REUTERS
Possíveis intervenções: a atriz, de 45 anos, no evento Elle Mulher, na última quinta-feira - MARIO ANZUONI / REUTERS

Desde que pisou no tapete vermelho do prêmio Women in Hollywood, em Los Angeles, na noite de segunda-feira, Renée Zellweger passou a habitar de forma quase onipresente sites noticiosos do mundo todo. A atriz, de 45 anos, famosa pela sua atuação em \"O diário de Bridget Jones\", estava irreconhecível. As bochechas mais cheinhas e os olhos levemente puxados deram lugar a um rosto quadrado e fino. Para especialistas, o caso é claro retrato de excessos estéticos.

Segundo a cirurgiã plástica e chefe da equipe médica da Clínica Ivo Pitanguy, Barbara Machado, pontuar quais foram exatamente as mudanças é tarefa difícil. Mas ela cita dois fatores fundamentais que podem estar por trás de tamanha alteração. Primeiro, uma alta perda de peso, já que isso necessariamente interfere no volume dos compartimentos de gordura da face. O segundo aspecto pode ser a retirada de gordura de uma estrutura anatômica conhecida como Bola de Bichat, que fica abaixo da maçã do rosto.

- Nesta região, observa-se o rosto bastante emagrecido. Esta retirada é realizada mais eventualmente nas cirurgias plásticas de face, pois efetivamente muda o conteúdo gorduroso desta região. É uma exceção, já que, via de regra, as pacientes sofrem com a perda de volume de gordura durante o envelhecimento e, por isso, este é um procedimento menos realizado.

Barbara acrescenta que uma cirurgia das pálpebras parece ter colaborado. Segundo ela, a expressão dos olhos da atriz mudou aparentemente pela remoção de pele e bolsas gordurosas das pálpebras superiores. Mas isso, segundo ela, parece ter sido feito já algum tempo.

 \"\"

Sobre a possibilidade de a atriz ter usado procedimentos menos invasivos, a médica pondera que mesmo os preenchimentos mais inadequados usualmente ocasionam aumento no volume da face e não a redução. Já tratamentos como radiofrequências poderiam reduzir o volume de gordura no rosto, mas habitualmente não chegam a ocasionar o resultado da foto.

Na avaliação de Barbara, alterações neste nível fogem aos padrões recomendáveis, passando longe, por exemplo, do que é praticado no Brasil, de uma forma geral.

- A gente tem que se reconhecer no espelho - diz. - Cirurgia plástica é para tirar aquele detalhe que incomoda. Na expressão facial, geralmente, a gente não mexe. Não dá para entender como necessário algo que muda a fisionomia.

O cirurgião plástico Marcelo Moreira, que é membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, também afirma não ser possível precisar quais procedimentos a atriz adotou, de fato. Mas, segundo ele, chama atenção que ela tinha um formato de rosto ovalado e agora apresenta uma face quadrada.

- O que mais mudou foi a região da maçã do rosto, a lateral. A região orbitária do rosto parece que aumentou. A mandíbula também ficou mais definida. É possível que ela tenha colocado próteses osseointegradas nessas regiões - avalia. - O que posso dizer é que não se trata de preenchimentos ou botox, pois não seria possível uma mudança tão radical assim. É algo mais complexo.

\"\" 

Para quem ficou assustado com as mudanças, Moreira adianta que novas surpresas não estão descartadas. Caso ela tenha passado por cirurgias como estas, a recuperação completa pode durar até 45 dias. Logo, dependendo da data dos procedimentos, o rosto pode assumir traços ainda mais diferentes.

Para a dermatologista Vanessa Metz é difícil entender o que provocou tanta mudança, já que o quadro é provavelmente fruto de uma conjuntura de intervenções. Mas ela destaca que a atriz aparenta uma testa maior, que pode ser consequência da aplicação de botox ou até mesmo a de uma rarefação capilar, a qual evidencia a região. A cor da pele também está bastante alterada, já que ela era bastante branca. E a origem mais provável do \"bronzeado\" é o uso de maquiagem ou recursos artificiais, como jatos e sprays.

- Se observarmos uma foto de um ano atrás, percebemos o tamanho da mudança - dimensiona. - O rosto está mais afinado, os olhos maiores e as sobrancelhas perderam o contorno prévio.

CONSEQUÊNCIAS PSICOLÓGICAS

Para a psicóloga Daniela Murta, do Programa de Pós-graduação em Bioética, Ética Aplicada e Saúde Coletiva da Uerj, mudanças nesta proporção precisam ser \"problematizadas\". Isso porque, apesar de não ser possível saber o que está por trás das escolhas da atriz, sabe-se que intervenções tão radicais podem ter sérias consequências para a saúde mental.

Daniele lembra que, em muitos casos, as mudanças refletem uma busca incansável por padrões estéticos impostos pela sociedade contemporânea. E nem sempre as pessoas se deparam com profissionais que as alertem sobre os riscos do exagero.

- Olhar-se no espelho e não se ver pode desencadear em um processo de não reconhecimento - afirma. - Mas o grande problema é a compulsão por novas intervenções, em que a pessoa nunca está satisfeita. Também há o risco da depressão por não atingir os objetivos.

Fonte: O Globo  

DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
                  
AR YAPUANA | AR YAPUANA | Fármacia de Manipulação Gislaine | Pizza Á Bessa |