Lifestyle Games e Séries
02/05/2018 Redação Conheça os games brasileiros que prometem quebrar tudo em 2018
Redação
Redação

Nem só dos "gringos" vive o mercado do videogame. Nos últimos anos, jogos produzidos por brasileiros também têm se destacado na preferência dos gamers, seja no PS4, Xbox One, ou no PC. Pensando nisto, separamos uma pequena lista com alguns títulos "made in Brazil" que prometem arrasar em 2018. Confira:

"DOLMEN"

Desenvolvido pela Massive Work Studios, "Dolmen" é um RPG de ação em terceira pessoa que mistura ficção científica e horror cósmico. A história se passa em Revion Prime, um planeta alienígena onde ocorreu o maior massacre da galáxia e o jogador controlará William Arns, um astronauta da Terra que foi abduzido durante uma missão espacial. O projeto está em processo de financiamento coletivo no Kickstarter.

“Quando um terráqueo desperta no meio de Revion Prime, onde o maior massacre da galáxia ocorreu, não há de se esperar que vá muito longe. Não se qualquer vida animal desse lugar quer fazer seu coração parar de bater e enfim voltar a dormir sobre os cadáveres de infinitas raças sem nome que apodrecem sob o céu… Mas quem é essa pessoa? E por que ele ou ela está tão longe de casa? A Terra é apenas uma lembrança longínqua, não há tripulação e seus recursos estão próximos do fim. Não seria mais fácil se ocultar e morrer em silêncio, no abrigo das ruínas da nave?”

O jogo será lançado em setembro de 2018 para PC e em 2019 para Playstation 4 e Xbox One.

Confira o trailer:

Veja como foi feito o desenvolvimento do jogo:

"SWORD LEGACY: OMEN"

"Sword Legacy: Omen" é um RPG tático inspirado na estética das animações retrô, com uma ambientaçãosombria. Embarque em uma releitura brutal do mito do Rei Arthur na pele de Uther, um vingativo cavaleiro auxiliado pelo feiticeiro ancião Merlin. Busque a lendária Excalibur e sobreviva a intensos combates por turnos neste RPG tático ambientado em Britânia, uma terra fragmentada por intriga e traição.

O jogador poderá escolher entre oito personagens e cada um tem seu papel dentro da equipe. Em cada nova fase, o jogador poderá montar o seu time, escolhendo os heróis que trarão vantagens sobre os desafios que surgem. “A estratégia é um fator determinante dentro do Sword Legacy. O jogador precisa conhecer as habilidades ativas e passivas de cada personagem e também suas fraquezas para conseguir montar a equipe certa para cada fase e, assim, conseguir vencer os desafios apresentados”, afirmou Arthur Protásio, diretor criativo do projeto.

O cenário do Sword Legacy é interativo e o jogador pode conseguir grandes vantagens ao analisar a situação em que se encontra, ao atirar, por exemplo, em barris explosivos para causar dano em área. Outra mecânica de cenário é a HighGround, que faz com que os personagens que atacam corpo a corpo inflinjam maior dano ao atacar um oponente que esteja abaixo do seu nível de altitude.

O combate em Sword Legacy é desafiador e complexo e o jogador precisará controlar diversos elementos para conseguir vencer. Uma ferramenta muito impactante no combate é a Determinação. Esse elemento impacta diretamente o seu potencial de batalha e, quando atinge níveis muito baixos, os personagens podem sofrer de um ataque de pânico.

O jogo acabou de ser indicado como finalista do Indie Prize London, um dos maiores festivais de games independentes do Mundo, além de acontecer na Inglaterra, palco das Lendas que o "Sword Legacy: Omen" busca representar. O game tem previsão de lançamento para o segundo semestre.

Apresentação do Enredo:

Apresentação do Mundo:

"ARITANA II"

O segundo jogo da série Aritana se passa logo após os acontecimentos do seu antecessor. Um misterioso mascarado está prestes a destruir a Grande Arvore Ypy, utilizando de um antigo poder para corromper tudo ao seu redor. Enquanto isso, a busca pelo poderoso cajado do pajé Raoni leva Aritana ao templo que abriga Ypy e que agora corre grande perigo. O destino de Aritana será guiado pela antiga guardiã do templo, a Artesã, e juntos precisam impedir que o mascarado alcance o topo do templo e destrua Ypy. No caminho, Aritana provará novamente seu valor enfrentando novos desafios e portando uma nova arma, o arco e flecha.

Embora Aritana 2 seja uma continuação do primeiro game da série, a arte foi aprimorada e as mecânicas de jogo foram totalmente modificadas, deixando de ser um jogo de plataforma para se tornar um game de aventura em 3ª pessoa. Esta nova ambientação transporta o jogador para dentro do universo de Aritana, oferecendo maior imersão e desafiando o jogador a encontrar soluções para os desafios que aparecem durante a história.

Aritana IIAritana II / Divulgação

Quem já jogou Aritana e a Pena da Harpia encontrará em Aritana 2 um jogo mais maduro e completo. O fã da série precisará se acostumar com os novos controles, aprender a utilizar seu arco e flecha de uma forma muito mais ágil e precisa e será constantemente desafiado pelo jogo em lutas e quebra-cabeças de diferentes complexidades.

Diversos novos sistemas estão sendo aprimorados, como um crafting que permitirá ao jogador a criação de armas, poções e outros itens dentro do jogo, trazendo um novo elemento para a jogabilidade do Aritana 2.

Em Aritana 2, o jogador entrará em uma aventura em terceira pessoa por um mundo fantástico, cheio de mitologia, ação e puzzles. A mudança de jogabilidade em Aritana 2 oferecerá maior imersão e desafiará o jogador a encontrar soluções para diversos problemas que aparecem durante a história. Além disso, será a primeira vez que o jogador poderá escolher o gênero do personagem que deseja utilizar. "Aritana II" deverá chegar ao mercado em outubro.

Veja o trailer:

"White Lie"

"White Lie" contará a emocionante história de Greg, um coelho de pelúcia que sai em uma aventura à procura de sua dona desaparecida. A história se passa em um mundo surreal e desolado, onde o coelho foi parar após o sumiço de Emma, sua dona e companheira de aventuras.

White LieWhite Lie / Divulgação

Com esse choque, Greg perdeu a noção de tempo e espaço e grande parte das suas memórias. No decorrer da história, o jogador encontrará diversos objetos que trarão a Greg memórias do seu relacionamento com Emma. Além disso, esses mementos levarão ao jogador interações únicas e cativantes, que colorem o ambiente com lembranças nostálgicas dos momentos compartilhados por eles. Cada memória transmite uma emoção nova e leva o jogador a entender melhor o que o personagem pensa e sente.

A progressão do jogo está associada ao relacionamento dos dois personagens, experiências que viveram juntos, sonhos que desenvolveram, segredos que compartilharam e brincadeiras que fizeram. Momentos tanto alegres quanto tristes, cercados de realidade e imaginação. O jogo explorará a falta que Emma faz no mundo de Greg.

White LieWhite Lie / Reprodução

Um dos maiores diferenciais do "White Lie" é o seu estilo artístico próprio, reproduzindo técnicas de desenho à mão e criando um ar delicado e emotivo, que tem um papel fundamental na ambientação do jogador nesse universo onírico. Inspirado nas ilustrações de livros infantis, Toda a arte do jogo é inspirada e tenta recriar a magia das ilustrações de livros infantis antigos, com o objetivo de criar um ambiente único que transmita um sentimento especial para cada jogador. O jogo explora elementos como nostalgia, criatividade, diversão, brincadeiras, sonhos, segredos e imaginação para cativar o público. O jogo deverá estar no mercado em novembro.

Confira o trailer:

"DISTORTIONS" (Lançado em Março)

Um dos jogos mais esperados de 2018, "Distortions" conta a história de uma violinista que, após um acidente de carro, fica presa em um mundo surreal onde as coisas aparentam estar paradas.

DistortionsDistortions / Divulgação

"Distortions" é um jogo single-player que se baseia na superação de experiências passadas, sobretudo de relacionamentos. Misturando música com muito suspense e drama, o jogo se passa em um estranho lugar onde o tempo parece estar parado e promete mais de 15 horas de experiência.

Em "Distortions", o jogador estará em uma aventura onde as músicas são suas armas e os relatos de páginas de um diário, seu guia. O jogador irá controlar a Garota pelos mais diversos lugares como montanhas, florestas, cavernas, rios, lagos e até mesmo o mar, e usar o poder das músicas aprendidas para moldar o mundo ao seu redor, criando pontes, explosões e barreiras.

Vencedor do prêmio de Melhor Jogo Brasileiro de 2017 e de Melhor Jogo no Voto Popular no BIG Festival, o Distortions atraiu a atenção de jogadores do mundo tudo. Somente em 2017, Distortions recebeu 6 prêmios nacionais e internacionais como o título de Melhor Ideia Original no AZPlay Bilbao e o cobiçado Best of #BGS10 da Gamespot, sendo o único jogo brasileiro a ter recebido esse prêmio até hoje.

Confira o trailer:

 

Por Metro Jornal

DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS