Destaque Atuais
00/00/0000 Desfrutar as coisas ou fotografá-las?
Idosa observa atores enquanto público tenta fotografá-los. / JOHN BLANDING (THE BOSTON GLOBE)
Idosa observa atores enquanto público tenta fotografá-los. / JOHN BLANDING (THE BOSTON GLOBE)

Todos na foto olham o que ocorre através da tela de seus smartphones. Todos, menos uma idosa. Na primeira fila, em vez de ocupar suas mãos com o telefone, ela se apoia comodamente na cerca o que acontece à sua frente... e sorri. E ao lado dessa imagem, uma mensagem do autor do tuíte, o fotógrafo espanhol Miguel Ángel Morenatti: “Estamos perdendo a capacidade de curtir os momentos importantes.” A reflexão causa sensação na rede. Em menos de 24 horas, já supera os 8.000 retuítes.

“A foto não é minha”, explicou Morenatti ao EL PAÍS, por e-mail. “Me enviaram na segunda-feira por WhatsApp e ainda não pude de conhecer o autor, embora sempre o mencione.” A imagem tem autoria de John Blanding, fotógrafo do Boston Globe, e foi feita durante a apresentação do filme Aliança do Crime (Black Mass, no título original em inglês), com estreia prevista no Brasil em novembro. como explica Morenatti, será complicado rastrear sua origem no aplicativo. Ao contrário do que acontece com as publicações do Twitter e do Facebook, a rede de mensagens não dispõe de um procedimento para conhecer o nascimento de uma mensagem e o número de vezes em que foi compartilhada.

Em dezembro, outra imagem com uma mensagem parecida com a de Blanding também levantou polêmica sobre o uso (e abuso) dos smartphones: a foto de um grupo de jovens olhando seus celulares ao lado de um Rembrandt, alvo de críticas no Twitter e no Facebook. A da idosa rodeada de telefones também motivou questionamentos. “Por querer conseguir a melhor foto, perdemos os melhores momentos”, opinou um internauta, enquanto outro usuário considera que “é algo cada vez mais habitual e triste”. Outros brincam, dizendo que na verdade a idosa da foto ficou sem bateria. E há quem diga que ela está assim tão contente sem celular porque “está com Google Glass”.

Apesar das críticas suscitadas por essa foto e a dos garotos diante do Rembrandt, a mania de imortalizar tudo o que esteja na nossa frente não é nova. Outro usuário respondia a Miguel Morenatti com esta foto:

Link permanente da imagem incorporada

A imagem mostra o presidente Nixon sendo fotografado por dezenas de jovens do serviço de voluntários American Field Service. Foi feita em 1969 por Oliver F. Atkins e utilizada em inúmeros fóruns internacionais, como Reddit, com comentários irônicos do tipo “os jovens com os celulares não sabem viver o momento”. Em 49 anos, parece que a coisa não mudou muito.
 
Fonte: El País

 

DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
                  
AR YAPUANA | AR YAPUANA | Fármacia de Manipulação Gislaine | Pizza Á Bessa |