Destaque Curiosidades
18/03/2018 Redação Economia na hora de guardar mercadorias Pequenas e médias empresas que optaram por self storaqes conseguem economizar até 15%

Gerir um negócio não é fácil. Para se manterem competitivos, os empreendedores estão sempre buscando novas formas de melhorar a produtividade, reduzir e otimizar os gastos.  Uma estratégia cada vez mais adotada por pequenas e médias empresas, principalmente as de ecommerce, é a economia na hora de armazenar seu estoque, com o uso de self storage, um tipo moderno de aluguel de espaços.

            O empresário Eduardo Oliveira, por exemplo, tinha uma loja física no Guará I, mas depois decidiu manter apenas uma loja on-line e como não tinha onde guardar seu estoque, descobriu o aluguel de boxes. Ele armazena seus produtos na Selfstok, empresa localizada na Cidade do Automóvel. Com isso, conseguiu fazer uma economia de cerca de 15% nos gastos.

            "Agora eu não tenho que pagar IPTU, contas de água, luz, internet nem manutenção da loja, além de não ficar preso a contratos com prazos determinados, como nos aluguéis de imóveis. Principalmente na época de chuvas, vez ou outra o encanamento estourava", lembra Eduardo. Ele é proprietário da Medical Brasília, que comercializa materiais descartáveis para procedimentos de saúde e estética.

            Já a empresária Cyntia Fylipkowski optou pela Selsftok depois de sair do Paraná para vir morar no Distrito Federal. Ela é proprietária da loja on-line Cy Sapatos e atende em domicílio. "Eu mudei no ano passado para Brasília e não tenho espaço suficiente no apartamento para armazenar todos os produtos", conta.

            Além de ter resolvido o problema de espaço, ela identificou outras vantagens do self storage. "Eu prefiro pela questão do horário, podemos ter acesso aos boxes durante o dia todo, por uma senha eletrônica pessoal, e tem também a questão da segurança, tudo é monitorado 24h", avalia.

            Diogo da Silveira, dono da Selfstok, explica que cerca de 21% dos clientes são empresas, mas que a busca está crescendo. "Todos os meses, o número de empresas que aluga nossos boxes cresce. A verdade é que muitos ainda não conhecem direito como funciona e as facilidade, mas o mercado é promissor”, explica.

E continua: “ Uma das grandes vantagens, além do valor do aluguel, é que não há limitação de espaço! Os boxes têm vários tamanhos que se adequam à necessidade de cada negócio. A empresa pode aumentar ou diminuir o número m² que ocupa, dependendo do que ela precisa naquele mês, ou até por alguns dias, como é o caso de algumas lojas físicas que fecham para reforma, ou compram um estoque grande em alguma data comercial importante e precisam de espaço extra. Não há burocracia de um contrato fixo por longos períodos, o pagamento é feito apenas pelo tempo que o boxe ficar alugado. Por isso, a tendência é que esse percentual cresça muito", estima ele.

DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS