evden eve nakliyat istanbul evden eve nakliyat evden eve nakliyat fiyatları
Destaque Curiosidades
05/08/2016 Vitor Paiva Geração Y é a que menos transa desde 1920 Segundo estudos, os jovens de hoje estão fazendo menos sexo do que os jovens da década de 20

As conexões virtuais não são atalhos para conexões carnais entre os jovens. Ao menos é o que diz um estudo realizado pela Universidade Atlântica da Flórida e publicado na revista“Archives of Sexual Behavior”. Segundo o estudo, a chamada “Geração Y” – nascida na década de 1990 – faz menos sexo do que a maioria das gerações anteriores, alcançando uma taxa mais alta somente que a geração nascida na década de 1920.

Alicia Menendez

Segundo o levante, apesar da quantidade de aplicativos de encontros e comunicações, 15% dos “Millenials” americanos, entre 20 e 24 anos, não possuem parceiros sexuais desde que completaram 18 anos. Entre os nascidos na década de 1960, o número de inativos era de 6%. Entre as mulheres jovens o número é ainda mais alarmante, alcançando o dobro de inatividade sexual do que os homens, segundo a pesquisa.

SexoY2

Os anos 1920 foram o período da grande depressão econômica americana, o que justificaria o contexto para a baixa atividade sexual. Hoje, porém, o reconhecimento dessas razões e poréns é mais difícil. Para o professor de psicologia e pesquisador Ryne Sherman – um dos autores da pesquisa – , a educação sexual, uma maior consciência sobre doenças sexualmente transmissíveis e até o acesso facilitado à pornografia podem ser vistos como alguns dos motivos para esse resultado.

Outra curiosa hipótese é o incentivo e aumento do individualismo entre jovens, e a pressão para se adequar ao comportamento geral. De qualquer forma, fica claro que entre a experiência virtual e a vivencia real há um enorme abismo a ser conquistado – e que vale a pena ser enfrentado. As tecnologias e as relações podem ter se transformado, mas o sexo continua sendo delicioso – os mais velhos garantem.

DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
                  
Patent