Cultura Agenda
13/10/2016 Redação Objetiva Legião Urbana volta a Brasília Turnê comemora os 30 anos do lançamento do primeiro disco da banda

Quer data mais icônica para relembrar os clássicos da maior banda de rock nacional de todos os tempos? Em outubro de 1996, os fãs do Legião Urbana perdiam Renato Russo. Exatos 20 anos depois, Dado e Bonfá voltam a Brasília com a turnê Legião Urbana XXX AnosO show acontece no dia 28 de outubro, às 22h, no NET Live. O ator e cantor André Frateschi é quem tem a responsabilidade de assumir os vocais, lugar eternizado por Renato. 

Não será a primeira vez que André se junta aos integrantes da Legião, já que ele costumava acompanhar Dado, Renato e Bonfá quando tinha 10 anos na turnê de 1985, na dobradinha entre a banda e a peça de teatro “Feliz Ano Velho”, protagonizada na época pela sua mãe, a atriz Denise Del Vecchio.

O trio sobe ao palco acompanhado de outros três músicos. Lucas Vasconcellos (Letuce), na segunda guitarra; Mauro Berman (Cabeza de Panda e Marcelo D2), no baixo; e Roberto Pollo (Cirque du Soleil), nos teclados. No repertório canções como SeráAinda é cedo e Geração Coca-Cola prometem colocar os fãs para cantar em uníssono com a banda.

Com o patrocínio da NET O Mundo é dos Nets, Claro e da Samsung Curved TV, a turnê Legião Urbana XXX Anos também revisita outros momentos que marcaram os quase 20 anos de estrada dos roqueiros, entre eles, Quase Sem QuererPais e Filhos e Perfeição.

Sobre a turnê

No começo do ano 2015, Dado e Bonfá receberam da EMI – hoje parte da Universal Music – a proposta de lançar uma Edição Especial do primeiro disco da banda, lançado em 1985, também chamado de “Legião Urbana”. Surgia então o projeto “LEGIÃO URBANA – 30 ANOS”. Uma Edição Especial que, além de trazer o disco original remasterizado, traz um outro disco contendo algumas pérolas e raridades cuidadosamente guardadas nos cofres da gravadora. Entre elas estão, por exemplo, as três músicas que o então trio brasiliense gravou no Rio de Janeiro, em 1983, ainda com Renato Russo tocando baixo e cantando.

O processo de mexer com todas essas fitas, de ver aquelas fotos, de ler aqueles textos e, principalmente, de ouvir aquelas primeiras versões das suas músicas exatamente como elas foram criadas, foi realmente emocionante. Tanto que acabou despertando a vontade do Dado e do Bonfá de estar juntos tocando de novo.

Dessa vontade surgia uma segunda ideia: a de chamar alguns amigos e montar um show para tocar o primeiro disco na íntegra. Mas, para evitar erros ou mal-entendidos, sempre deixando claro que não existe possibilidade alguma de “volta” da Legião Urbana. Como já disseram inúmeras vezes, a Legião - como banda - acabou junto com a morte do Renato, em 1996. Renato Russo é único e insubstituível.

DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
                  
Gislaine | Pizza Á Bessa | AR YAPUANA | AR YAPUANA | Fármacia de Manipulação