Lifestyle Bem Estar
08/12/2015 Maconha de alta potência pode danificar as conexões do cérebro

Um novo estudo realizado pelos cientistas da King College London e da Universidade de Roma "La Sapienza" concluiu que há a necessidade de educar o público, profissionais de saúde e formuladores de políticas sobre os riscos envolvidos com o uso de maconha de alta potência, também conhecida como “skunk”.

De acordo com os cientistas, essa espécie de maconha pode danificar fibras nervosas responsáveis pela comunicação entre os dois hemisférios cerebrais. Essa é a primeira pesquisa a examinar os efeitos específicos da potência da maconha sobre a estrutura do cérebro.

Em outro estudo, publicado em fevereiro de 2015 na Lancet Psychiatry, os pesquisadores descobriram que o risco de alguém ter um transtorno psicótico aumenta três vezes em usuários de “skunk” em comparação a pessoas que nunca tenham consumido a droga. Em um comunicado à imprensa, Robin Murray, professor de pesquisa psiquiátrica na Kings College, declarou que “este trabalho sugere que nós poderíamos evitar quase um quarto dos casos de psicose se ninguém fumasse a cannabis de alta potência”.

Para o pessoal que curte, é melhor pegar leve hein?

 

Via Mega Curioso

DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
                  
Baladas Pepper | Pepper | Editoria Baladas Pepper