Esporte Futebol
07/09/2016 Redação Messi revela por que ficou loiro e fala sobre o futebol do filho Thiago
Redação
Redação

Lionel Messi sempre foi conhecido por ficar na sua, reservado, sem entrar em polêmicas e sempre respeitando os adversários. Ele nunca foi de fazer loucuras, atualizar suas redes sociais incontáveis vezes todos os dias e nunca inventou muito na aparência, adotando um look comum e mais tradicional, com um corte de cabelo normal, a barba feita e sem mudar seu corpo.

Nos últimos anos, porém, isso mudou. Curiosamente, perto dos 30 anos, Messi fez o que muitas pessoas resolvem fazer quando estão na adolescência. O craque argentino fez algumas tatuagens, mudou o corte de cabelo, deixou a barba crescer e, no mês passado, pintou o cabelo de loiro. Muitos ficaram surpresos com o visual "platinado" do camisa 10, e neste domingo (4), em entrevista ao comediante argentino Minguito, no programa Polemica en el bar, o gênio do futebol explicou seus motivos.

"Em um dia particularmente difícil, eu resolvi pintar meu cabelo. Decidi que precisava começar de novo, do zero. Disse para mim mesmo que eu precisava fazer uma ruptura e começar outra vez", revelou.

Messi também comentou sobre seu filho Thiago. Como ocorre com todos os filhos de grandes craques, já existe uma expectativa e pressão para que ele seja o herdeiro do camisa 10, mas o ídolo barcelonista não acredita que isso irá ocorrer.

"Eu tento não dar bolas de futebol de presente para Thiago. Ele não gosta muito de futebol. Mas ele entrou em um clube agora e começou a jogar. Vamos ver se agora ele começa a gostar mais", contou.

Esperança

Messi, que também revelou que leva e busca seu filho na escola todos os dias, falou sobre sua decisão de se aposentar e depois voltar a defender a Argentina, e que pensa em retornar para o seu país e jogar pelo Newell's Old Boys, clube de sua cidade natal, Rosario, e onde ele deu seus primeiros passos no futebol. 

"Foi uma desilusão muito grande (perder a final da Copa América Centenário). Caí porque todos sentíamos que essa era a nossa final, pela forma como o grupo estava e como jogamos todas as partidas. O vestiário estava destruído e senti que não dava mais. Todos queríamos ter ganho, e eu mais que ninguém, porque venho lutando por isso há muito tempo. Todos sonhamos em ganhar algo para a Argentina. Mas depois, quando você esfria a cabeça, pensa que em algum momento isso vai acontecer. Todos temos o sonho de conseguir algo com a seleção."

"Sempre falamos (Messi e a família) de voltar (para a Argentina). Quero jogar no futebol argentino e ficaria muito feliz em jogar no Newell's. É meu sonho de criança", finalizou.

DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
                  
Vertical Veículos | Vertical Veículos | Vertical Veículos