Destaque Bizarro
22/03/2019 delas.com Mulher morre após cinco horas seguidas de sexo intenso Mulher teve ataque cardíaco durante o sexo e foi levada ao hospital sem vida
"Na Colômbia, uma mulher de 32 anos morreu em um motel após cinco horas ininterruptas de sexo intenso. De acordo com o jornal “La República” , a vítima sofreu um ataque cardíaco durante a relação sexual e não resistiu. "

A mulher, que não foi identificada e tinha o apelido de “A Fera”, estava no local com um parceiro, que chamou o serviço de emergência quando ela ficou desacordada após o sexo intenso . 

No entanto, como o serviço de atendimento médico demorou a chegar, ele levou a parceira à emergência de um hospital universitário. No entanto, os médicos não puderam fazer nada, já que já estava morta quando chegou ao local.

A polícia descobriu que a colombiana e o parceiro usaram drogas para prolongar o sexo. As autoridades policiais estão investigando se a colombiana era usuária frequente de drogas.

Sexo intenso pode mesmo matar?

Sexo intenso pode causar ataque cardíaco em pessoas que não mantém uma rotina de atividades físicas
shutterstock
Sexo intenso pode causar ataque cardíaco em pessoas que não mantém uma rotina de atividades físicas

Sim, relações sexuais muito intensas podem levar à morte. É isso o que diz uma publicação da Associação Médica Americana. De acordo com o texto, quem não se exercita regularmente está mais sujeito a um ataque cardíaco durante o sexo, como aconteceu com a colombiana, independente da suspeita do uso de drogas.

O segredo, então, é manter uma rotina de atividades físicas e alimentação saudável para garantir que o sexo seja confortável e sem risco à saúde.

Experiências de quase morte no sexo

Além do sexo intenso, outras mulheres viveram experiências de quase morte ao receber ou fazer sexo oral
shutterstock
Além do sexo intenso, outras mulheres viveram experiências de quase morte ao receber ou fazer sexo oral

Recentemente,  noticiamos o caso de uma britânica que, enquanto recebia sexo oral, quase morreu. A paciente de 44 anos estava quase chegando ao orgasmo quando desmaiou no quarto. Ela foi levada às pressas para o hospital, onde os médicos descobriram que um vaso sanguíneo havia estourado dentro de seu crânio.

“A paciente relatou que se aproximava do orgasmo enquanto recebia sexo oral de seu parceiro antes de perder a consciência”, escreveram os médicos no periódico britânico “British Medical Journal” .

Além deste, relatamos também outra experiência de quase morte no sexo . Dessa vez, não foi o sexo intenso , mas, sim, uma reação alérgica. Uma mulher que teve uma alergia após fazer sexo oral no seu parceiro que colocou a sua vida em risco. Segundo os médicos, o que teria provocado isso seria uma substancia presente no sêmen. 

Fonte: Delas - iG @ https://delas.ig.com.br/amoresexo/2019-03-22/sexo-intenso-morte.html

DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
                  
Baladas Pepper | Pepper | Editoria Baladas Pepper