Destaque Bizarro
03/10/2017 Redação Não cuspa no prato que (te) comeu
Há dez anos, um homem aproveitou as férias de final de ano para largar a namorada. Os dois moravam juntos há dois anos e a moça, identificada como Sylvia, tinha viajado para passar o Natal com sua família. Alex* aproveitou uma oferta de emprego em outro país, juntou suas coisas, saiu de casa e se mudou. Tudo isso sem avisar a namorada.
 
Hoje, Alex é professor de matemática em uma escola internacional. Já teve outras namoradas e Sylvia é uma “história esquecida”. Até agora. O diretor da escola teve que pedir demissão por conta de uma doença na família e a coordenação contratou outra pessoa para o cargo. Alex leu a biografia, jogou a história no google e descobriu que sua nova chefe é, na verdade Sylvia.
 
Dias depois, ele enviou uma atualização ao fórum dizendo-se surpreso com a repercussão. O rapaz descobriu que Sylvia se casou e teve filhos. Alex enviou um e-mail à ex-namorada explicando a situação e foi chamado pelo RH para conversar. “Eles estavam mais preocupados com a fofoca que podia escapar do controle e as consequências para a imagem da escola. Eles consideraram necessário tomar algumas providências para evitar problemas no futuro”, contou. Os dois não poderiam conversar sozinhos, sem uma terceira pessoa presente, inclusive fora da escola. Alex achou as medidas excessivas e pediu demissão do emprego. Chupa mundão!
DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS