Destaque Curiosidades
26/09/2017 Redação O país está na merda? Nada melhor que um vibrador pra esquecer os problemas
O segmento erótico e sensual parece ter passado batido pela recessão econômica. O setor chegou a faturar um biçhão em 2016, e, para este ano, a expectativa é de 3,5% de crescimento, o que pode parecer pouco, mas não é, levando em consideração a crise.
 
“Há muito espaço para um crescimento enorme nos próximos anos, já que cerca de 85% dos brasileiros nunca experimentaram nenhum produto erótico. Hoje no Brasil são cerca de 11 mil pontos de venda de produtos sensuais”, informa um especialista.
 
A produção de cosmética sensual no Brasil também chama atenção. São vendidos 9 milhões de produtos por mês, dos quais cerca de 3,5 bilhões são géis, cremes e lubrificantes. As mulheres são as principais consumidoras.
DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS