Destaque Mundo
00/00/0000 Os McDonald’s mais inusitados do mundo

Um dos maiores prazeres nas viagens é notar as pequenas diferenças entre os lugares. Um bom indicador para notar essas discrepância, certamente é McDonald\'s da região. Até porque, seus arcos dourados são reconhecidos em todo o mundo, já que a franquia está presente em 120 países.

Essa presença mundial seria impossível sem considerar as diferenças culturais de cada lugar, todo McDonald1s muda um pouco de país para país. Seja para experimentar McMacarons em Paris ou para comer McSalsichas, em Berlim. Visitar um McDonald\'s fora do seu país é sempre uma experiência no mínimo curiosa e interessante

Por isso, o Viagem Livre reuniu alguns dos McDonald\'s mais inusitados  ao redor do mundo.

Illinois, Estados Unidos

\"McDonalds1\"

Nesse restaurante, na pequena cidade de Des Plaines, além de Big Mac\'s, você encontra o museu oficial do McDonald\'s que exibe fotos e outdoors da época em que a franquia foi fundada, além de equipamentos e uniformes originais usados nas primeiras lojas. A arquitetura do local é uma réplica dos primeiros restaurantes. Os famosos arcos dourados no logotipo, que é tão conhecido, foram na verdade inspirados pela arquitetura da lanchonete.

Taupo, Nova Zelândia

\"McDonalds2\"

Nova Zelândia não é o destino comum para muitas pessoas, mas para quem procura uma viagem com aventura, natureza e esportes radicais, há poucos lugares melhores para se visitar. É claro que nessas condições é bom contratar um seguro viagem internacional, mas esse McDonald\'s não voa verdade.

Em Taupo, fica essa filial que é um dos McDonald\'s mais exóticos do mundo. Nessa lanchonete, um autêntico avião foi transformado em uma lanchonete onde você pode comer seu Big Mac ou um Gerorge Pie, uma espécie de torta típica da região. A decoração do local remete aos voos dos anos 50, com poltronas vermelhas de couro, a cabine do piloto, que foi mantida sem modificações, também acrescenta um clima muito interessante à experiência de comer seu hambúrguer em um avião.

Nova York, Estados Unidos

\"McDonalds3\"

A Times Square talvez seja o quarteirão mais famoso do mundo. É nesse pedacinho de Manhattan que estão os famosos teatros das Broadway. É inspirado no glamour desses espetáculos que o McDonald\'s da Times Square foi construído.

O outdoor da lanchonete se confunde com as fachadas dos grandes teatros da rua. A decoração de seu interior é inspirada nos bastidores de uma peça e toda a iluminação é feita pelos mesmos holofotes que você encontra nos palcos da Broadway. Além de ser um dos McDonald\'s mais glamorosos do mundo, ele é um dos mais frequentados, cerca de 5 mil pessoas passam todos os dias por ali e é por isso também que ele tem a maior cozinha do mundo entre todos os restaurantes de franquia.

Guantánamo, Cuba

\"McDonalds4\"

Esse McDonald’s não tem absolutamente nada de especial, sua arquitetura não chama a atenção e em seu menu encontram-se os mesmo lanches de qualquer outro McDonald’s dos Estados Unidos. Ele seria só mais uma das 30 mil lanchonetes espalhadas pelo mundo, não fosse por um detalhe que o torna muito interessante: sua localização.

Essa filial fica em um dos últimos países em que você esperaria ver um McDonald’s: Cuba. Construído em 1989 na Base Naval da Baía de Guantánamo para que os soldados americanos e suas famílias se sentissem um pouco mais em casa, esse é o primeiro e único McDonald’s da ilha. O acesso a essa área é restrito, por isso a menos que você seja um membro do exército americano ou talvez um dos supostos terroristas presos no campo de detenção, suas chances de comer nesse McDonald’s são muito baixas, ainda assim, ele é um dos McDonald’s muito interessante de visitar.

Praga, República Tcheca

\"McDonalds5\"

O Museu do comunismo é uma das paradas obrigatórias para quem vai à capital da República Tcheca. Nele, além de uma exibição permanente que conta a história por trás da cortina de ferro durante o regime comunista na Tchecoslováquia, você também vai se deparar com um Mc Donalds, que fica no mesmo palácio do século 1800 onde o museu se encontra.

A fachada do restaurante e seu ambiente são muito elegantes e as cadeiras que ficam na rua dão um ar quase que boêmio ao local. Mas o mais interessante talvez seja a ironia de estar sentado no restaurante fastfood que é um dos grandes símbolos do capitalismo em um museu dedicado ao comunismo.

Roma, Itália

\"McDonalds6\"

Roma é um todos principais pontos turísticos da Europa, um centro de cultura recheado de locais históricos para se visitar e um dos melhores lugares do mundo para se comer bem.

A Itália, com certeza, seria um dos últimos países onde você pensaria em ir a um McDonald’s, mas talvez seja justamente por isso que este McDonald’s tenha resolvido se destacar dentre os outros. Situado na Piazza di Spagna, um dos locais mais bonitos da cidade, esse McDonald’s não é como os outros.

Sua fachada não chama muita atenção, mas seu interior impressiona muito com quase todas as paredes cobertas de mármore, o chão pavimentado com granito, estátuas, afrescos, arcos no teto e até mesmo uma fonte que brota da parede. Mas o que mais surpreende nessa releitura classista do fast food americano não é só a decoração, mas sim o menu do restaurante, que vai muito além do tradicional BigMac e McShake. Lá, além dos lanches, você encontra diversas comidas típicas, um balcão de salada que serve até lula e uma gelateria que serve um autêntico gelatto italiano. É a prova de quem tem boca, vai ao McDonalds\' em Roma.

 

Fonte: Catraca Livre

DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
                  
Baladas Pepper | Pepper | Editoria Baladas Pepper