Cultura Agenda
00/00/0000 Público do Festival de Cinema lota Cine Brasília

A noite do segundo dia da 47ª Edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, no Cine Brasília, teve os ingressos esgotados para assistir à programação, que começou com a mostra competitiva do curta-metragem Loja de répteis, de Pedro Severien. Durante a programação, o público que ocupou os 620 lugares também pôde conferir Bashar, de Diogo Faggiano, e o longa-metragem Sem pena, de Eugênio Puppo.

\"Faz quatro anos que moro aqui e esse é o quarto ano que acompanho. É um evento importante para a cidade por que aumenta o acesso à cultura e valoriza o Brasil\", destacou o arquiteto Tiago Pereira, 33 anos, que mora em Brasília.

Também integrante da plateia, a estudante Sarah Peres, de 19 anos, conta que veio de Taguatinga para conferir a programação. \"Vim participar porque é interessante, é mais cultura. O que me chamou atenção para vir conhecer é a produção brasileira\", observou.

Severien, diretor do primeiro filme reproduzido, iniciou a abertura das apresentações ressaltando que a produção teve origem em um conto escrito há uma década. \"Fiz o filme baseado em animais e pessoas enjauladas, representando as cidades brasileiras, as prisões, o nosso mercado imobiliário, que é obcecado pelo lucro\", disse.

O diretor do segundo curta, Diogo Faggiano, também comentou sobre o trabalho executado para produzir Baschar. \"Tratamos de alguns eventos recentes que ocorrem na Síria. São pessoas que se encontram na linha de frente e precisam do máximo de resistência à violência\", informou.

Pela manhã, o Festival de Cinema também teve em sua agenda o Festivalzinho, com filmes para crianças, que foram exibidos para escolas em diversos pontos do Distrito Federal. Com entrada franca, à tarde foram reproduzidos no Cine Brasília a mostra Reflexos do Golpe: O caso dos irmãos Naves, de Luiz Sérgio Person.

Confira aqui a programação completa do festival.

Fonte: Agência Brasil

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
                  
Baladas Pepper | Pepper | Editoria Baladas Pepper