Cultura Diversão e Arte
10/09/2017 Redação Premiada flautista dominicana se apresenta com a Orquestra Sinfônica de Brasília Evelyn Peña Comas é a primeira mulher dominicana a ocupar o posto de flauta principal em uma orquestra europeia

A República Dominicana reafirma presença na cena cultural de Brasília. A flautista Evelyn Peña Comas se junta à Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro para uma apresentação histórica. É seu único concerto nesta turnê e será realizado no dia 12 de setembro, às 20h, no Cine Brasília, com entrada franca.

Primeira mulher dominicana a ocupar o posto de flauta principal em uma orquestra europeia, Evelyn Peña Comas nunca havia se apresentado em Brasília.  Com apoio da Embaixada da República Dominicana no Brasil, o espetáculo mistura ritmos dominicanos e ícones da música erudita. A direção é do maestro Cláudio Cohen. O time será completado com a participação especial do percussionista da Orquestra Sinfónica dominicana, Rafael Díaz Castillo.

Evelyn Peña Comas é aclamada mundialmente.  No ano passado, consagrou-se em mais de 160 apresentações entre sua terra natal e países da Europa e Ásia. Ao longo de sua carreira foi premiada diversas vezes. Seu repertório passeia por grandes nomes da música latino-americana e pelas mais complexas composições da música clássica.

No repertório, peças de F. Borne, Carl Reinecke, além dos compositores dominicanos José Antonio Molina (Abertura Yaya) e Bienvenido Bustamante (Suite Macorix).

A apresentação em Brasília faz parte da bem-sucedida série de concertos que a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro vem promovendo em parceria com embaixadas de países amigos, sempre às terças-feiras no Cine Brasília. 

Sobre Evelyn Peña Comas

Nascida em Santo Domingo, Evelyn Peña Comas possui licenciatura e mestrado em flauta das Universidades de Música de Rotterdam e de Stuttgart. Venceu o concurso Fidelio Wettbewerb, em Veneza, em 2007. Em 1999, venceu um concurso de interpretação de canções da Unesco em seu país. Nos Estados Unidos recebeu o Fine Arts Award 2000, da Academia de Artes da Interlochen. Foi indicada e venceu diversos outros prêmios. Comas foi a primeira mulher dominicana a ocupar o posto de flauta principal em uma orquestra sinfônica europeia.

Programa:

José Antonio Molina - Obertura YAYA

François Borne - Fantasía brillante sobre Carmen (sobre temas de la ópera de G. Bizet)

Carl Reinecke - Concierto para flauta y orquesta en re mayor op. 283                                    
- Allegro molto moderato
- Lento e mesto
- Moderato

Bienvenido Bustamante - Macorix, suite sinfónica 
- Atardecer    
- Nostalgia
- Baile de los Guloyas 

CONCERTO DOMINICANO, COM EVELYN PEÑA COMAS

Terça-feira, 12 de setembro, às 20h
Cine Brasília (EQS 106/107, Asa Sul)
Entrada franca
Classificação livre

DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS