Gastronomia Lugares
00/00/0000 Primeira edição do Cerrado Week, entre 15 e 21 de setembro
Chef Renata Carvalho
Chef Renata Carvalho

No mês em que se comemora o Dia do Cerrado (11/9) e com o objetivo de chamar a atenção para o potencial gastronômico das espécies nativas desse rico bioma, ainda pouco exploradas na alta gastronomia, chefs de Brasília e de Goiás recebem de cozinhas abertas o Festival Gastronômico Cerrado Week, promovido pelo Slow Food Cerrado.
De 15 a 21 de setembro, cerca de 40 estabelecimentos servirão receitas inéditas elaboradas com ingredientes nativos do Cerrado, incluindo pães, lanches, drinques, pratos principais, petiscos, sorvetes e sobremesas, com preços entre R$ 9,00 e R$ 39,00.

Em Brasília, sede do evento, o público poderá experimentar as delícias preparadas por chefs como Venceslau Calaf (Outro Calaf), Renata Carvalho (gastropub Loca Como Tu Madre) e Mara Alcamim (Universal Diner). O Outro Calaf, por exemplo, oferecerá, no almoço e no jantar, a Paella do Cerrado - elaborada com arroz vermelho típico do bioma, enriquecido com camarão, costela suína, frango caipira, linguiça fininha suína, cenoura em tiras, guariroba em rodelas, pimenta-de-cheiro, cebola, tomate e pimentão, com pequi e buriti opcionais, a R$ 39,00 (individual).

O gastropub Loca Como Tu Madre (306 Sul) também participará do festival tanto no almoço quanto no jantar com um drinque, elaborado pelo mixologista Victor Quaranta, e uma Galinhada com Cajuzinho do Cerrado. Na receita da chef Renata Carvalho, além da fruta típica do bioma, o arroz é enriquecido com alho assado, guariroba, coxinha da asa e castanha de caju, e temperado com açafrão espanhol e cebola - uma combinação deliciosa por apenas R$ 39,00 (individual). O drinque, chamado de Wabirob Fizz, é preparado com suco de limão, licor de gabiroba (fruta típica do Cerrado), açúcar, cachaça e água com gás, a R$ 19,00.

A chef Mara Alcamim, por sua vez, celebrará o mês do Cerrado em dose dupla. Ela aderiu ao Festival Gastronômico Cerrado Week com suas duas casas: orestaurante Universal Diner e o Café Universal. No almoço, o público poderá conferir, no restaurante, três receitas: galeto assado no licor de pimenta cumari, acompanhado de arroz de açafrão goiano, pequi (opcional) e pamonha da Dona Nenê (a mãe da chef Mara Alcamim), a R$ 39,00 (individual); um petisco, elaborado com costelinha suína na redução de cajá e buriti, a R$ 29,00; e um musse de buriti, a R$ 19,00. Já o Café Universal entra no festival com pão Toast enriquecido com três geleias caseiras, de jabuticaba, mangaba e cagaita, a R$ 9,00 a porção, servida durante todo o horário de funcionamento da casa.

Ainda participam do festival, cafés, padarias, sorveterias, padarias, trucks, bares. Dentre eles, a Panetteria D’Oliva - uma casa de pães artesanais recém-inaugurada na QE 26 do Guará II e comandada pelo jovem Felipe Oliveira, especializado na área na Levain Escola de Panificação, de Rogerio Shimura - e a Dolce Far Niente, uma pizzaria gourmet localizada em Águas Claras, com receitas de um dos pizzaiolos mais experientes da cidade, Duarte Neto.

Na Panetteria D’Oliva, na semana de 15 a 21 de setembro, será possível encontrar um produto ainda mais especial. Para participar do Festival Gastronômico Cerrado Week, o proprietário e padeiro Felipe Oliveira criou a trança de linguiça de pernil com frango caipira e perfume de pequi, ingredientes que mostram o potencial gastronômico das espécies nativas do bioma homenageado.

A trança é elaborada com massa rústica de fermentação natural, com azeite de oliva e óleo de pequi que conferem à massa um perfume sutil e característico. A combinação do recheio - de linguiça de pernil salteada na cachaça, frango caipira desfiado e queijo meia cura - teve como inspiração os pratos típicos do interior de Goiás e Minas Gerais, o arroz com pequi, a galinhada e o empadão. Todos esses elementos em harmonia com a massa lentamente fermentada fazem do pão uma releitura inusitada das iguarias do Cerrado, por apenas R$ 9,00.

A pizzaria Dolce Far Niente, em Águas Claras, também chama a atenção dos brasilienses para o potencial gastronômico das espécies nativas do Cerrado durante o primeiro Festival Gastronômico Cerrado Week. Para o festim, a casa oferecerá, no jantar, a Pizza Cajuína - coberta com pomodori pelati, pesto de castanha de caju, muçarela e finalizada com cajuzinho do Cerrado, a R$ 39,00 (seis fatias), nas massas romana e napolitana tradicionais.

Participantes em Goiás
E como o Cerrado não fica restrito ao Planalto Central, este ano, três restaurantes de Goiás já aderiram ao Cerrado Week: a Venda do Bento (Pirenóplis), o Pitanga Sabor e Equilíbrio (Goiânia) e o Restaurante ComTradição (Olhos D\'Água) .

Potencial gastronômico do Cerrado
“Nosso objetivo principal é ampliar o conhecimento do público sobre o potencial gastronômico das espécies nativas do Cerrado e, ao mesmo tempo, criar uma demanda regular para esses ingredientes, fomentando assim toda a cadeia produtiva dos agroextrativistas e cooperativas que utilizam o bioma como sua fonte

de renda”, explica Ana Paula Jacques, coordenadora­geral do Festival e co­líder do convívio Slow Food Cerrado.

Para garantir o sucesso já em sua primeira edição, o Festival Gastronômico Cerrado Week conta com patrocínio do Senac e apoio da Rede Cerrado, da Central do Cerrado, da Revista Prazeres da MESA, do IESB e da Enoteca Decanter.

Serviço

Café Universal
SCLS 210, Bloco C, Loja 18, piso superior do restaurante Universal Diner; (61) 3443-2089.
De segunda a sábado, das 9h às 0h.

Dolce Far Niente

Avenida das Castanheiras, 1060 – Águas Claras; (61) 3254-2263.
De terça a quinta, das 18h às 0h. Sexta a domingo, das 11h30 às 15h (pratos italianos) e das 18h à 0h (pizzas).

Loca Como Tu Madre
306 Sul, Bloco C, Loja 36; (61) 3244-5828.
De segunda a quarta, das 12h às 15h e das 18h a 0h. Quinta, das 12h às 15h e das 19h a 0h. Sexta, das 12h às 15h e das 19h à 1h. Sábado, das 12h às 15h e das 19h às 2h.

Outro Calaf
Setor Bancário Sul (SBS) Quadra 2, Bloco Q, Lj. 05/06, Edifício João Carlos Saad; (61) 3322-9581.
De segunda a sexta, das 11h às 16h e das 18h até o último cliente. Sábado, das 11h30 à 0h. Domingo, fechado.

Panetteria D\'Oliva
QE 26, Bloco B, Loja 22; (61) 3083-8213 e (61) 3083-8214.
De segunda a sábado, das 9h às 19h.

Universal Diner
SCLS 210, Bloco C, Loja 18; (61) 3443-2089.
Para almoço, de segunda a sexta, das 12h às 15h. Sábado, das 12h às 16h. Para jantar, de segunda a quinta, das 19h às 0h. Sexta e sábado, das 19h às1h.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
                  
Baladas Pepper | Pepper | Editoria Baladas Pepper