Destaque Atuais
00/00/0000 Repórter grava assédio nas ruas de São Paulo

O assédio nas ruas é uma realidade para as mulheres que vivem em São Paulo. Em alguns casos, ele aparece disfarçado de elogio; em outros, ganha forma em tom agressivo.

A reportagem da CBN percorreu oito regiões da cidade em dois dias para registrar em vídeo esse tipo de abordagem. Foram pelo menos 15 cantadas.

A vivência foi inspirada em imagens gravadas em Nova York e visualizadas por mais de 38 milhões de pessoas depois de divulgadas pelo jornal The Independent. A experiência americana mostra diversos assédios feitos à atriz Shoshana Roberts enquanto ela caminha sozinha e em silêncio.

Na capital paulista, não apenas acompanhei os fatos, mas participei como personagem da reportagem. Vestindo uma calça jeans e uma camiseta preta, passei pelo Centro da cidade e circulei pelas Zonas Leste e Oeste. O resultado pode ser visto num vídeo de um minuto e 50 segundos que está disponível no site da CBN.

Os assédios verbais aconteceram sobretudo em regiões com público majoritariamente masculino, como na Rua Santa Ifigênia, famosa pelo comércio de eletrônicos. Quando fomos para locais frequentados por muitas mulheres, a postura foi diferente. Na Avenida Paulista, área nobre da cidade, ninguém tentou falar comigo.

Apesar das cantadas que ouvi, percebi certa conscientização sobre o tema. Enquanto eu caminhava pelo centro da capital, um homem disse: \'E laiá\'. No mesmo instante, um senhor o repreendeu, afirmando que se, ele se colocasse no lugar da mulher, não gostaria daquele tipo de abordagem.

A CBN realizou a filmagem com uma câmera escondida na mochila do estagiário Hermínio Bernardo. Ele caminhou todo o tempo à minha frente e ficou impressionado com as abordagens. 

Levantamento da Organização Brasileira Think Olga realizado com 7.762 mulheres mostra que 98% delas já foram assediadas nas ruas, 83% declararam não gostar desse tipo de abordagem e 81% já mudaram de planos para evitar ouvir cantadas. Elas relataram, por exemplo, o costume de atravessar a rua ou fazer um caminho diferente.

 

 
Fonte: CBN
DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
                  
Gislaine | Pizza Á Bessa | AR YAPUANA | AR YAPUANA | Fármacia de Manipulação