Lifestyle Tecnologia
14/05/2018 Redação Robô do Google telefona para pessoas
(Google/Reprodução)

A tecnologia se chama Google Duplex e foi apresentada no Google I/O, evento anual da empresa. Na demonstração, o usuário faz um pedido (“Google, marque hora no cabeleireiro” ou “Google, reserve uma mesa no restaurante X”), e aí o software executa uma sequência impressionante de ações: telefona para o estabelecimento comercial e é capaz de conversar, em linguagem natural e com entonação perfeita, com a pessoa que está do outro lado da linha – que nem percebe estar falando com um robô. Veja:

A demonstração contém avanços tecnológicos notáveis. O primeiro é a fala do robô, que é incrivelmente natural – está anos-luz à frente das vozes robóticas que existem hoje. Trata-se da tecnologia WaveNet, que também foi criada pelo Google e usa inteligência artificial para analisar e recriar o som real das palavras. Por enquanto, ela só funciona em inglês.

O outro ponto impressionante é a capacidade que o robô tem de reagir a pequenos desvios na conversa. Isso fica mais evidente na segunda ligação, em que o software telefona para um restaurante – e a atendente se confunde um pouco ao interagir com ele. O robô é capaz de retomar o rumo da conversa, sem que a outra pessoa perceba nada de anormal. Robôs essenciais: Confira com a Mundo Corporativo como empresas estão aplicando conceitos de automaçãoPatrocinado 

O Google Duplex é apenas uma demonstração tecnológica, ainda sem data de lançamento. Vale ressaltar, também, que as duas ligações apresentadas pelo Google eram gravadas, ou seja, o software não estava sendo executado ao vivo. Ele só é capaz de conversar em contextos predefinidos e restritos, como os demonstrados pelo Google (não é intleigente o suficiente para conversar sobre outros assuntos). E, acima de tudo, resta saber como funcionaria na prática – os fones de ouvido Pixel Buds, que foram apresentados em 2017 e prometiam traduzir 40 idiomas em tempo real, acabaram decepcionando ao chegar ao mercado.

Mas, se um dia for lançado e funcionar bem, o Duplex poderá transformar a comunicação verbal entre as pessoas – com boa parte dela sendo assumida por robôs.

Por Bruno Garattoni

DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS