Cultura Lazer
13/10/2017 Redação Samambaia recebe mostra de dança beneficente Dança à Mostra reúne artistas de diferentes estéticas corporais em um mesmo palco; Depois do sucesso em Taguatinga e em Sobradinho, é a vez de Samambaia receber a iniciativa. Apresentações seguem para Ceilândia
Foto: Débora Amorim

O projeto “Dança à Mostra (DàM)” chega em sua quinta edição, neste ano, sagrando-se como tradicional evento no Distrito Federal no campo das expressões corporais. E neste fim de semana (14 e 15 de outubro) terá o espetáculo aberto à comunidade. Depois de passar em Taguatinga e Sobradinho, em agosto e setembro, e atrair cerca de 400 pessoas durante o evento, é a vez de Samambaia e Ceilândia receberem a iniciativa.

Já fiquei animada e vocês? Na ocasião, artistas de diferentes estéticas corporais, como do balé clássico, da dança de salão, da dança do ventre, do sapateado, e da dança de rua se reunirão no palco. O projeto se define: fomento, vitrine e filantropia. Fomento porque é dado espaço para artistas de diferentes segmentos se apresentarem. Vitrine porque a cultura é levada para diferentes regiões, descentralizando a produção. E, por fim, filantropia porque se trata de uma ação beneficente.

Na ocasião, serão recolhidos alimentos não perecíveis e doados à Rede Solidária Anjos do Amanhã, vinculada ao Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT). Na edição de Taguatinga, foram mais de 180Kg de mantimentos entregues a instituições de assistência a pessoas em situação de vulnerabilidade. 

Os interessados em apoiar a ação podem entrar em contato com a coordenação do projeto, por meio do telefone: (61) 98148-0326. Vamos?

O que: Dança à Mostra (DàM)

Quando: Samambaia, (14 e 15 de outubro); Ceilândia, no Teatro SESC Newton Rossi (21 e 22 de outubro).

Horário: 20h; 

Onde: no Teatro SEST/SENAT;

Entrada: 1 kg de alimento não perecível (exceto sal), que será recolhido na entrada do evento; 

Classificação indicativa: livre  

 

Via: Ela Fala dos Bastidores

DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS