Gastronomia Lugares
00/00/0000 Spazzio Recriare, o novo espaço colaborativo da cidade
Fotos: Divulgação
Fotos: Divulgação

Parece que espaços colaborativos é a nova tendência mundial. Londres, Nova Iorque, São Paulo e Rio de Janeiro já entraram nessa onda... A ideia é ter várias operações em um só lugar. E quem disse que Brasília não aderiu a essa moda? O Spazzio Recriare, no Gilberto Salomão, é um espaço físico que abriga a Piccolo Emporium e a Renata Mandelli Art & Food. Comida fresca com uma pegada italiana, sempre!

O Chef Ville Della Penna, da Piccolo, conta que eles oferecem tudo na situação de consumo, ou take out. Os ingredientes são locais, e até rola de você levar seu próprio recipiente pra eles prepararem a massinha para você... Hmmm. “Aqui é tão original e tão brasiliense, que chegamos a inserir no nosso universo italiano a mortadela com pequi”, disse Ville. Então, amantes do pequi, já sabem né?

Foto: Gustavo Vinhaes Gracindo

O novo espaço está caminhando e está dando certo. O conceito é diferente e a parte do colaborativo eles ainda estão desbravando. “Não estamos acostumados com essa junção de empresas diferentes no mesmo ambiente, mas a ideia é fazer esse casamento mesmo”. Renata Mandelli faz uma geleia da Patagônia, Ville monta uma pizza com queijo Bel Paese. Resultado? Um sabor maravilhoso e diferente. “A ideia é harmonizar nossas coisas, tanto no take out quanto para comer aqui”, completou. Operações distintas, mas para o mesmo fim. Quem sai ganhando é o cliente.

Antes do Spazzio Recriare, a Piccolo tinha uma loja em Águas Claras. “O mercado não está fácil. Essa crise está tirando todo mundo. Eu recuei, fechei uma operação só minha para abrir com parceiros. Mesmo atendimento, mesma comida... Mas dividindo o bolo e o prato”, brincou.

Pet Friendly

Era lá na loja de Águas Claras que a Piccolo ficou famosa, também, por ser Pet Friendly. Cachorrinhos, gatos, papagaios e até furões já participaram de almoços e jantares. É claro que Ville pensa em implementar essa onda no novo Spazzio Recriare. “É outra tendência que chegou para ficar. Alguns shoppings já aceitam os pets transeuntes. Aqui não pode ser diferente”, disse Ville.

Oficialmente o Gilberto Salomão não aceita animais transitando, mas futuramente, quem sabe? “O pet é um nicho de mercado, e eu só percebi depois que lancei isso. Porque antes era uma visão pessoal”. O espaço tem que ser democrático! O Chef contou que “na Europa é muito comum! Lá o pessoal não está nem aí”. No antigo Piccolo o sucesso foi tão grande, que às vezes tinha mais reservas nas mesas pets do que no restaurante.

 

Campana Italiano

Um sino de cobre toca para anunciar novas fornadas de pãezinhos... Essa tradição começou há 230 anos em uma pequena cidade na Itália. Muitos padeiros italianos seguem a risca esse costume até hoje. Ville não ficou de fora. O sino anuncia pizzas e pães artesanais. “Trouxe o sino para continuar a tradição e despertar a curiosidade de quem passa por perto”, disse.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
                  
Baladas Pepper | Pepper | Editoria Baladas Pepper