Cultura Diversão e Arte
11/03/2019 Gshow Steve Aoki fala sobre jogar bolo em plateia durante show: 'É importante alimentar o público' Depois de tocar no carnaval, DJ volta ao Brasil para participar do Lollapalooza, em abril. Além da música, ele se dedica a rede de entrega de pizzas e diz que investe há 10 anos em restaurantes.
Gshow
Gshow

Steve Aoki é uma figura peculiar da música eletrônica, mais especificamente do EDM. Talvez você não o conheça de rosto, mas pode ter ouvido as músicas "Azukita" e "Waste It On Me" ou já ficou sabendo de um DJ que joga bolo no público. Ele mesmo.

Em entrevista ao G1, o americano disse que "é muito importante alimentar o público. Eles ficam com muita fome [durante o show]". Ele entende que o momento, que acontece durante a música "Cakeface", já faz parte da sua performance, tanto que fala até em “Cultura Aoki”.

"As pessoas ficam sujas e melecadas e tudo que importa é a energia que elas estão sentindo. Não importa o que os outros falem. Nada mais importa naquele exato momento. Eu penso que o bolo exemplifica bem isso."

As críticas sobre desperdício de comida existem, mas Aoki diz que as pessoas acabando comendo o bolo. "É parecido com uma festa de aniversário quando colocam a cabeça do aniversariante no bolo. Alguém poderia dizer 'ei, você está desperdiçando o bolo', mas eu penso que é hora de celebrar."

 

Pão de queijo ou brigadeiro no Lolla?

 

Depois de fazer shows no carnaval, o DJ volta ao Brasil em abril para tocar no sábado do Lollapalooza. Vai rolar alguma adaptação para alguma comida brasileira? Brigadeiro? Pão de queijo? Aoki ri e faz mistério: "Talvez eu jogue alguma comida para a plateia. Quem sabe?"

 

Vai ser a sua terceira vez no festival e as expectativas estão altas. Ele lembra que em 2015, sua última apresentação "foi inesquecível por causa do público". Outro fator que o deixa animado é o fato de estar diante de uma plateia que não necessariamente é fã de EDM.

"Você toca para uma multidão muito diferente. Eles podem saber quem eu sou, mas podem não conhecer muito a minha música. É um bom momento para apresentá-las."

O DJ destaca que a produção e o palco grande são outros aspectos que chamam a atenção das pessoas. "Vai ser incrível!"

 

Novas parcerias e músicas para 2018

 

Aoki começa a entrevista na defensiva falando que só gosta de falar sobre parcerias quando elas estão prontas, mas deixa escapar que vem alguma novidade com o DJ brasileiro Alok. "Sou muito fã, amo o que ele faz e estou muito animado para lançar essa música."

Ainda sobre artistas brasileiros, ele diz que está em contato com Anitta, mas prefere não continuar no assunto.

Já a parceria com o grupo de K-pop BTS é de longa data. "Waste It On Me", lançada em outubro, foi a primeira do grupo coreano cantada em inglês. Aoki fez um post torcendo pelos meninos, que concorriam em uma das categorias e apresentaram um dos prêmios do Grammy neste ano.

"É maravilhoso que o Grammy os reconheça. Eu acho que 2019 vai ser um ano ainda maior para eles. Eles são muito talentosos."

 

 

Pizza Aoki

 

Como se não bastasse o tempo e a dedicação para conduzir sua carreira e sua produtora Dim Mak Records, Aoki está encarando um novo empreendimento, desta vez no ramo da alimentação. Pizza Aoki é um restaurante que faz delivery de pizzas nos Estados Unidos e já tem seis cozinhas em funcionamento.

O DJ já investe em restaurantes há 10 anos, mas nunca divulgou ou esteve à frente dos negócios. Agora não só seu nome, como seu rosto estampam os anúncios da pizzaria. Inclusive, depois de um show em San Diego, ele distribuiu pizzas para comemorar que uma franquia foi aberta na cidade.

A proximidade com a área parece vir de família. Seu pai fundou uma rede que tem mais de 116 restaurantes de comida japonesa.

A escolha do delivery está relacionada ao consumo de comida nas grandes cidades, segundo Aoki. Ele ainda traça um paralelo com o mundo da música.

"As pessoas continuam amando comer fora, mas eu sinto que é parecido com música. Pessoas costumavam baixar, mas agora escutam música pelo streaming."

 

"Eu digo que estou fazendo um 'streaming de pizza', tentando unir o que a tecnologia e a tecnologia da música estão fazendo para criar um serviço em que isso se converse."

 

E por que pizza? "É um dos meus 'guilty pleasures'", confessa o DJ. Além de ser uma coisa que "todo mundo gosta", Aoki diz que, se aparecer uma pizza em sua frente, não importa o fato de que ele gosta de treinar ou de se alimentar bem. "Eu vou comer!", conta.

Ele espera que a marca fique forte nos Estados Unidos para começar abrir em outros países. E o Brasil está na lista.

Se tudo der certo e a rede precisar de mais atenção, tem alguma chance do DJ largar o set e as pistas de dança? "Não! Eu amo tocar e eu sempre vou ter a música como o jeito em que me expresso naturalmente."

 

 

.

 
DEIXE UM COMENTÁRIO
TAGS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
                  
Baladas Pepper | Pepper | Editoria Baladas Pepper